Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7222
Title: VALORES EM JOGO: POSSIBILIDADES PARA EDUCAÇÃO OLÍMPICA NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR
metadata.dc.creator: SANTOS, F. B.
Keywords: Valores;Esporte;Educação Olímpica;
Issue Date: 11-May-2012
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: SANTOS, F. B., VALORES EM JOGO: POSSIBILIDADES PARA EDUCAÇÃO OLÍMPICA NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR
Abstract: Até 2016 o Brasil sediará uma série de megaeventos esportivos, sendo o maior deles os Jogos Olímpicos. Segundo a literatura internacional megaeventos podem gerar legados tangíveis e intangíveis tanto para a cidade-sede quanto para o país (POYNTER, 2006). Entre os legados tangíveis podem ser citados o desenvolvimento econômico e a melhora da infra-estrutura urbana, por exemplo. Já entre os legados intangíveis situam-se a modificação do status internacional do país e da cidade-sede e o fomento de atividades educacionais e culturais relacionadas ao esporte (PREUSS, 2008). No contexto educacional situam-se as iniciativas de educação em valores por meio do esporte tendo como referência os valores, tradições e histórias do Movimento Olímpico. Estas iniciativas são genericamente chamadas de Educação Olímpica. Se entre as funções da educação está a formação do indivíduo e do cidadão (formação integral) é impossível evitar a ideia de que estas questões têm importantes componentes valorativos. Permanece como desafio a integração de uma educação em valores aos currículos escolares. Nesse contexto, a academia ainda está em desenvolvimento de massa crítica capaz de propor e implementar propostas sistematizadas de educação em valores. Tendo em consideração o acima exposto o grupo de pesquisa Arete Centro de Estudos Olímpicos (CEFD / UFES) está desenvolvendo um projeto de inovação pelo desenvolvimento de material didático para operacionalizar práticas de educação em valores por meio do esporte tendo como referência a Educação Olímpica. A revisão da literatura indicou que a educação olímpica pode estar associada ou não a organização dos próprios Jogos (TAVARES, 2008). Do mesmo modo, apresenta diferentes formas metodológicas e didático-pedagógicas (NAUL, 2010). Segundo Todt (2009) porém, são inexistentes programas sistematizados de educação olímpica no Brasil. O presente trabalho apresenta um estudo de validação do instrumento didático intitulado Manual de Educação Olímpica de tipo qualitativo exploratório (RICHARDSON, 1999; POUPART et al., 2008). A validação do instrumento foi feita a partir de quatro critérios: [1] conteúdo, [2] organização e métodos, [3] informação e [4] comunicação. Para análise dos resultados de conteúdo obtidos adotamos como referências as teorizações de Bernard Charlot (2000) a respeito das relações com o saber. Participaram de forma voluntária quatro professores de escolas públicas no estado do Espírito Santo.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7222
Appears in Collections:PPGEF - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_5662_DISSERT. FABIANO BASSO DOS SANTOS.pdf2.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.