Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7350
Title: Monitoramento de Elementos Traço em Amostras de Sedimento das Praias Adjacentes à Foz do Rio Doce
metadata.dc.creator: CUNHA, T. P.
Keywords: Areia de praia;Elementos traço;Química Ambiental
Issue Date: 28-Mar-2018
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: CUNHA, T. P., Monitoramento de Elementos Traço em Amostras de Sedimento das Praias Adjacentes à Foz do Rio Doce
Abstract: O rompimento da barragem de rejeitos de mineração ocorrido em Mariana MG provocou um acidente ambiental de proporções nunca antes vistas no Brasil. Um volume enorme de lama contaminada com os rejeitos de uma mineradora foi lançado no rio Doce. A lama seguiu o fluxo do rio até a sua foz, causando impactos severos como a morte de peixes e a erosão do leito e margens do rio e seus efluentes. A chegada da lama ao oceano causa ainda mais preocupação em relação à extensão desses danos, pois a lama se espalhou com as correntes marinhas atingindo praias importantes no ponto de vista da preservação ambiental, como as praias de Regência e Comboios, onde são realizados trabalhos de preservação de espécies ameaçadas de extinção e onde está localizada a reserva biológica de Comboios. O presente estudo tem como objetivo a quantificação dos elementos traço Co, Cr, Cu, Mn, Ni, Pb e V em areia das praias adjacentes à foz do rio Doce, a fim de verificar os impactos causados à região pela lama de rejeitos. Foram realizadas duas campanhas de coleta, sendo uma em período de estiagem e outra em período chuvoso. As amostras foram coletadas nas faces, cristas e bermas das praias de Regência, Comboios e Barra do riacho. As amostras foram decompostas com auxílio de um aparelho de micro-ondas seguindo o método estabelecido pela US EPA 3051a. Os analitos foram determinados por ICP OES e ICP-MS e as faixas de concentração encontradas em μg.g-1 foram de 0,5 4,08 para Co; 0,27 23,44 para Cr; 0,33 2,2 para Cu; 15,45 136,5 para Mn; 3,45 8,19 para Ni; 0,99 7,9 para Pb e 1,31 21,2 para V. Os resultados encontrados indicam que os analitos se encontram abaixo dos valores de risco previsto pela legislação brasileira, entretanto, quando comparados a resultados de estudos realizados em outras localidades, alguns dos analitos observados se apresentam em concentrações mais elevadas. Os resultados também mostraram que os maiores teores estão na região mais próxima à foz do rio Doce, indicando que a região pode estar sendo afetada por partículas lançadas pelo rio no oceano.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7350
Appears in Collections:PPGQUI - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_12218_Tiago Pereira Cunha.pdf1.1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.