Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7611
Title: Atividade de novas moléculas de triazóis sobre Hemileia vastatrix
metadata.dc.creator: CRUZ, T. P.
Keywords: Triazóis;fungicidas;eficiência relativa
Issue Date: 17-Feb-2017
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: CRUZ, T. P., Atividade de novas moléculas de triazóis sobre Hemileia vastatrix
Abstract: Em virtude do sério problema que Hemileia vastatrix representa para a cafeeicultura, objetivou-se verificar a eficiência das novas moléculas de triazóis sintetizadas a partir do glicerol na inibição do desenvolvimento de H. vastatrix em cafeeiro. As sínteses das novas moléculas utilizadas foram produzidas nos Laboratório de Fitoquímicos e Síntese de Novos Compostos do Núcleo de Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Manejo Fitossanitário de Pragas e Doenças (NUDEMAFI). Foram utilizadas 17 novas moléculas com as seguintes concentrações: 0, 10, 25, 50, 75 e 100 ppm das novas moléculas a quais foram adicionadas em meio de cultura ágar-água e então depositados suspensão com 5x104 urediniosporos/mL de H. vastatrix e posteriormente incubados por 48 horas na ausência de luz, em seguidas foram contados o número de urediniosporos germinados. O ensaio in vivo foi conduzida em casa de vegetação climatizada com temperatura média de 25ºC. Foram utilizadas mudas de cafeeiro conillon vitória clone 12, no ensaio preventivo e curativo as mudas foram pulverizadas com as novas moléculas nas concetrações (0, 100, 200, 300, 400 ppm), no ensaio preventivo após 24 horas da aplicação as mudas foram inoculadas com suspensão de 5x104 urediniosporos/mL de H. vastatrix. No ensaio curativo as mudas foram inoculadas e após a severidade da doença atingir 5% as mudas foram pulverizadas com as novas moléculas, ambos foram avaliados frequência de infecção; período de incubação e latente; severidade, eficiência relativa dos produtos, trocas gasosas, teores de pigmentos fotossintetizantes, altura das plantas, tamanho de raiz, diâmetro de caule e área foliar. As novas moléculas de triazóis foram eficientes na redução do número de urediniosporos de H. vastatrix e na diminuição da intensidade da ferrugem. Os triazóis inéditos não afetaram as variáveis fisiológicas das plantas de cafeeiro, ou seja, não causaram fitotoxidez às plantas. Palavras-chave: Triazóis; fungicidas; eficiência relativa; Hemileia vastatrix.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7611
Appears in Collections:PPGPV - Teses de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_8430_Tatiane Paulino Cruz.pdf1.43 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.