Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7739
Title: Avaliação do perfil renal em ratos (Rattus norvegicus) tratados com glicocorticoides
metadata.dc.creator: VENIAL, H. J.
Keywords: rins;hidrocortisona;metilprednisolona;dexametasona
Issue Date: 31-Jul-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: VENIAL, H. J., Avaliação do perfil renal em ratos (Rattus norvegicus) tratados com glicocorticoides
Abstract: Os glicocorticóides representam um grupo de fármacos utilizado para o tratamento de diversos sinais clínicos e enfermidades pela sua ação antiinflamatória e imunossupressora, e como parte do tratamento antineoplásico em protocolos quimioterápicos. Os glicocorticóides exógenos são divididos em três grupos, os de ação curta (hidrocortisona, cortisona, deflazacort) que suprimem o ACTH por até 12 horas, os de ação intermediária (triancinolona, prednisona, prednisolona, metilprednisolona) que suprimem o ACTH por até 36 horas, e os de ação prolongada (dexametasona, betametasona) que suprimem o ACTH por até 72 horas. O objetivo deste trabalho é identificar alterações hematológicas, bioquímicas séricas e urinárias e histopatológicas em ratos (Rattus norvegicus) linhagem Wistar, criados em Biotério, após a administração de glicocorticóides de curta, média e longa duração, em tratamento por via intramuscular, pelo período de sete dias. Para isso, foi utilizada amostra de 28 animais, Rattus norvegicus linhagem Wistar, fêmeas, com idade entre 5 e 6 meses, sem alterações clínicas ou laboratoriais, nos quais foram realizados exames hematológicos, bioquímicos e histopatológicos. Os animais foram divididos em 4 grupos de sete ratos, o grupo controle (G0), grupo 1 (G1), grupo 2 (G2) e grupo 3 (G3). Todos os animais do grupo G1 receberam 50mg/kg de succinato de hidrocortisona. Os animais do G2 receberam 2 mg/kg de metilprednisolona e os animais do G3 receberam 1 mg/kg de dexametasona, uma vez ao dia, por via intramuscular, durante 7 dias. O experimento foi dividido em dois momentos, sendo o momento inicial (M1) antes do uso dos fármacos e o momento 2 (M2) após o final de 7 dias. Para a avaliação clínico-laboratorial as amostras de sangue e urina dos animais foram coletadas em jejum de 24 horas, nos dois momentos M1 e M2 para exames hematológicos, bioquímicos e urinálise. As amostras foram levadas ao Laboratório de Análises Clínicas Veterinárias do Hospital Veterinário da UFES para as análises laboratoriais. Portanto, concluise-se que o tratamento com glicocorticóides de curta, média e longa duração em doses imunossupressoras por 7 dias não desencadeia alterações significativas a nível renal.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7739
Appears in Collections:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_6717_DISSERTAÇÃO HENRIQUE JORDEM VENIAL.pdf534.3 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.