Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7744
Title: Validação da determinação de β-hidroxibutirato por meio de glicosímetro portátil em ovelhas para diagnóstico de toxemia da prenhez.
metadata.dc.creator: RIBEIRO, F. A.
Keywords: Corpos cetônicos;Ovinos;Diagnóstico
Issue Date: 25-Feb-2015
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: RIBEIRO, F. A., Validação da determinação de β-hidroxibutirato por meio de glicosímetro portátil em ovelhas para diagnóstico de toxemia da prenhez.
Abstract: Devido ao crescimento da ovinocultura e o aumento da demanda em relação aos seus produtos, há a necessidade de se investir na sanidade desses animais. Com isso, torna-se imprescindível a utilização de meios diagnósticos para afecções metabólicas, principalmente a toxemia da prenhez. Esta pesquisa tem como objetivo validar a técnica diagnóstica em fita reagente para &#946;-hidroxibutirato (BHB) em glicosímetro portátil humano em ovelhas da raça Dorper e White Dorper. Foram utilizadas 111 ovelhas hígidas, 79 da raça Dorper e 32 White Dorper, em diferentes fases produtivas, sendo elas vazias (n=44), gestantes (n= 37) e recém-paridas (n= 30). A coleta de sangue foi realizada por punção da veia jugular, com sistema de coleta a vácuo, em tubo sem anticoagulante. Instantaneamente, foi realizada a determinação do &#946;-hidroxibutirato pelo método da fita reagente utilizando-se o glicosímetro portátil e a determinação do &#946;-hidroxibutirato no soro foi realizada em analisador bioquímico automático. A análise estatística foi realizada, mediante o teste de Kolmogorov-Smirnov (p<0,05), verificou-se a distribuição não paramétrica dos dados,sendo eles arranjados de maneira pareada, ao qual o mesmo indivíduo era analisado pelas duas técnicas, foi escolhido o teste de McNemar para a verificação da hipótese de diferença entre os testes. Além disso, foi realizado o cálculo do coeficiente Kappa (IC 95%) para verificar a reprodutibilidade dos testes, associado aos cálculos de sensibilidade e especificidade, considerando o teste laboratorial como padrão ouro. Não houve diferença estatística significativa entre os resultados da fita reagente para corpos cetônicos e da análise bioquímica em laboratório, considerando o total de 111 animais. Nesta análise, a estatística resultou em um índice Kappa de 85%, com sensibilidade da fita reagente de 93% e especificidade de 96%. Na classificação recém-parida, o teste McNemar (p= 0,3173) com IC 95% demonstrou haver um coeficiente Kappa 80,6%, com 93% de sensibilidade e 87% de especificidade. As ovelhas recém-paridas, nesta categoria de grupos, possuem resultados pareados e, desta forma apresentou um coeficiente Kappa de 80,6%, com 93% de sensibilidade e 87% de especificidade. O teste da fita reagente para &#946;-hidroxibutirato em glicosímetro portátil humano foi considerado excelente e confiável, podendo ser utilizado como recurso diagnóstico em ovinos.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7744
Appears in Collections:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_7236_Fernada Adami.pdf1.58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.