Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7766
Title: Correlação dos Parâmetros Espermáticos Com a Fertilidade de Duas Linhagens Comerciais de Suínos
metadata.dc.creator: LIMA, D. M. A.
Keywords: Fertilidade;Suíno;Testes complementares
Issue Date: 27-Feb-2014
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: LIMA, D. M. A., Correlação dos Parâmetros Espermáticos Com a Fertilidade de Duas Linhagens Comerciais de Suínos
Abstract: Objetivou-se com este trabalho caracterizar o padrão seminal de reprodutores suínos de duas linhagens comercias e relacionar as avaliações seminais com a taxa de fertilidade dos reprodutores através de inseminações artificias efetuadas em porcas com diferentes ordens de parto.. O desempenho reprodutivo de quatro varrões de duas linhagens comerciais (A e B) foi obtido por meio de avaliações físicas (motilidade e vigor espermático), morfológicas (defeitos maiores, menores e totais dos espermatozoides) e também por meio de análises complementares para verificar a viabilidade da membrana plasmática (teste supravital e hiposmótico). Durante o período de 10 meses foram inseminadas 322 fêmeas incluindo multíparas e marrãs. Dentre os quatro machos avaliados, o macho 4 (da linhagem comercial B) esteve no grupo que obteve os melhores resultados no que diz respeito às avaliações espermáticas e com isso, foi o reprodutor que apresentou o melhor desempenho reprodutivo, obtendo 15,8±3,2 leitões nascidos por leitegada. Por outro lado, o macho 1 da linhagem comercial A esteve no grupo que apresentou os piores índices nas avaliações espermáticas, apresentando também o pior desempenho em relação à fertilidade com 11,7±2,8 leitões nascidos por leitegada. Os valores registrados para os testes que avaliam a viabilidade da membrana plasmática dos espermatozoides logo após a diluição (tempo 0h) foram superiores aos registrados para as doses que passaram pelo processo de resfriamento (p<0,05). A motilidade espermática caiu de 84,0% para 78,6% após 12 horas de resfriamento. A integridade física da membrana plasmática avaliada pelo teste supravital caiu de 92,5% para 85,9%, e a atividade bioquímica da membrana plasmática avaliada pelo teste hiposmótico caiu de 87,2% para 76,9% após 12 horas de estocagem. Já o valor referente ao número total de fetos nascidos (14,9) encontrado no tempo (0h) diferenciou (p<0,05) daqueles encontrados após 12, 36 e 60 horas de armazenamento (13,0; 12,5; e 12,6 respectivamente), e foi semelhante (p>0,05) aos encontrados após 24, 48 e 72 horas de armazenamento (14,6; 13,6; e 14,2 respectivamente). Todos os reprodutores apresentaram-se dentro dos limites vii aceitáveis em relação às anormalidades espermáticas independente do tempo de resfriamento das doses inseminantes. O número total de fetos nascidos não diferiu de acordo com a ordem de parto, entretanto o número de leitões nascidos vivos foi maior nas classes de ordem de parto 2 e 3, onde estavam presentes as porcas de 2o ao 5o parto.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7766
Appears in Collections:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_7583_DANIEL DE MENDONÇA DE ARAÚJO LIMA20140529-85720.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.