Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7862
Title: DIVERSIDADE DE GENÓTIPOS DE GOIABEIRAS POR CARACTERES VEGETATIVOS E REPRODUTIVOS
metadata.dc.creator: SILVA, S. N.
Keywords: Psidium guajava L;;podas de verão e inverno;ciclos de prod
Issue Date: 12-Jun-2017
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: SILVA, S. N., DIVERSIDADE DE GENÓTIPOS DE GOIABEIRAS POR CARACTERES VEGETATIVOS E REPRODUTIVOS
Abstract: A produção de goiaba está relacionada ao florescimento e a frutificação das plantas.Conhecimentos sobre a diversidade dos genótipos de goiabeiras durante o ciclo produtivo, nas fases vegetativa e reprodutiva, assim como sobre a viabilidade polínica, são necessárias no cultivo dos genótipos visando à melhoria da produção e da qualidade dos frutos. Estas informações também podem ser usadas em programas de melhoramento da cultura, na obtenção de genótipos superiores. Com este trabalho objetivou-se conhecer a diversidade de goiabeiras por características vegetativas e reprodutivas durante o ciclo de produção em duas épocas de podas, assim como estudar a viabilidade polínica em diferentes ambientes e ciclos de produção. A diversidade de goiabeiras foi estimada pela análise temporal de sete caracteres vegetativos e oito reprodutivos em 22 genótipos e em duas podas de produção (verão e inverno), assim como por marcadores microssatelites e informações quanto à ocorrência de patógenos e pragas em campo. Por meio de análises de agrupamentos foram observados padrões de comportamento vegetativo, reprodutivo e de possível resistência em campo, bem como de polimorfismos moleculares. A diversidade genética avaliada por marcadores moleculares contribuiu para a identificação de padrões da similaridade genética e morfológica nos genótipos Cortibel 7 e 8, que foram os mais similares. O comportamento dos genótipos foi influenciado pela época de poda. O genótipo Cortibel 8 apresentou um curto ciclo de florescimento e frutos grandes nas duas podas. Cortibel 11 apresentou maior possibilidade de resistência a patógenos e pragas. A viabilidade polínica foi obtida para os 22 genótipos em dois ciclos de produção e em dois ambientes por métodos colorimétricos. Parâmetros genéticos foram estimados por modelos mistos. A viabilidade polínica dos genótipos foi alta e influenciada pelo ambiente nas primeiras safras. Em conjunto, os resultados trazem informações relevantes para a cultura, pela influência das características avaliadas na produção e na qualidade de frutos de goiabeiras.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7862
Appears in Collections:PPGGM - Teses de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_8402_Tese Final Séphora Neves da Silva.pdf3.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.