Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8111
Title: Modulação do Sistema Colinérgico Pelo Sistema Endocanabinoide em Tarefas Aprendidas e Reaprendidas: Efeito do Agonista Canabinoide Win-2
metadata.dc.creator: FERREIRA, T. A. A.
Keywords: Memória espacial;Sistema endocanabinoide;Sistema colinérgico
Issue Date: 11-May-2016
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: FERREIRA, T. A. A., Modulação do Sistema Colinérgico Pelo Sistema Endocanabinoide em Tarefas Aprendidas e Reaprendidas: Efeito do Agonista Canabinoide Win-2
Abstract: A planta Cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha, contém compostos denominados canabinoides, sendo o 9-tetrahidrocanabinol (9- THC) o componente mais ativo. Após clonagem e caracterização dos receptores canabinoides, descobriu-se que os mesmos se ligam a 9-THC e também a ligantes endógenos, denominados endocanabinoides (ECs), capazes de modular vários sistemas neurotransmissores, emergindo como importantes reguladores de várias funções fisiológicas cerebrais. O efeito dos canabinoides endógenos e exógenos nos processos de aquisição, consolidação e recuperação da informação, tanto na aprendizagem como na memória, ainda é controverso. Além disso, existem evidências de que os processos de aquisição e consolidação possuem bases biológicas distintas com provável participação do sistema colinérgico hipocampal e cortical nessas diferenças. Com o objetivo de compreender as bases moleculares de processos cognitivos que envolvem a participação do sistema colinérgico central, pela ativação dos receptores canabinoides, propusemos a utilização de um agonista canabinoide, o WIN 55, 212-2 (WIN-2). Para isso, camundongos da linhagem Swiss foram tratados com WIN-2 na dose de 2mg/kg e submetidos a teste no labirinto aquático de Morris (MWM) para avaliar aspectos de aquisição e consolidação da tarefa. Observamos que o déficit cognitivo provocado pelo tratamento crônico com WIN-2 está relacionado, principalmente, à memória de curta duração no processo de aquisição da tarefa espacial, enquanto a consolidação permaneceu inalterada. Este prejuízo cognitivo na aquisição pode estar relacionado a um possível aumento da concentração de 2-AG (2-araquidonilglicerol) e diminuição de AEA (anandamida) no córtex pré-frontal, os quais estariam relacionados aos níveis de RNAm das enzimas de síntese e degradação dos endocanabinóides. Apesar das alterações comportamentais observadas neste trabalho serem sutis, verificamos modulação do sistema colinérgico pelo sistema endocanabinoide, uma vez que o tratamento com WIN-2 no período de consolidação da memória provocou uma diminuição na liberação basal de acetilcolina (ACh) no hipocampo. Entretanto, esta diminuição não foi associada com os déficits cognitivos observados. Portanto, o presente trabalho corrobora o envolvimento de ambos os sistemas estudados na modulação de processos cognitivos e assim esperamos, futuramente, auxiliar no desenvolvimento de tratamentos com abordagens farmacológicas e não-farmacológicas, que busquem atenuar os déficits cognitivos provocados pelo abuso de drogas, assim como por doenças neurodegenerativas, como a doença de Alzheimer.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8111
Appears in Collections:PPGBF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_9883_020 - dissertação TAMARA versão final.pdf2.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.