Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8500
Title: CAXAMBU DO HORIZONTE A ANDORINHA: MEMÓRIA E PERTENCIMENTO DA CULTURA NEGRA
metadata.dc.creator: MARDGAN, J. C. R.
Keywords: Caxambu;Cultura;Salvaguarda;Território
Issue Date: 31-Jul-2017
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: MARDGAN, J. C. R., CAXAMBU DO HORIZONTE A ANDORINHA: MEMÓRIA E PERTENCIMENTO DA CULTURA NEGRA
Abstract: A pesquisa que segue, tem por objetivo analisar os processos de pertencimento e memória na construção da prática cultural de tradição afro-brasileira caxambu, que se arvoreia pelo estado do Espírito Santo e deixa sua marca na região sul capixaba, território dos grupos caxambu do Horizonte e Andorinha, sujeitos dessa dissertação. Ao observar a prática da tradição cultural a partir das narrativas e vivências dos grupos, a presente dissertação aponta o caxambu como elemento fundamental no pertencimento desses sujeitos, onde a manutenção cultural e o processo de salvaguarda do caxambu perpassam pelo reconhecimento da tradição como elemento de reinserção sociocultural e afirmação dos elementos constituintes da cultura negra na região. Ao abordar os conceitos de memória coletiva e territorialidade a pesquisa de base etnográfica em uma abordagem relacional, investiga a hipótese dos grupos constituírem-se de uma mesma origem - Fazenda do Horizonte, lugar identificado pela pesquisa como demarcador de memórias e ponto de ligação simbólica na formação dos grupos. Tal origem singular é sugerida pelos processos de desterritorialização e reterritorialização vividos pelas famílias que habitavam a Fazenda do Horizonte e que constituíam a tradição do caxambu. Ao vivenciarem tais processos a tradição ganha nova significação, corporificada no grupo Caxambu do Horizonte e abre caminho para uma nova territorialização, aqui identificada pelo grupo caxambu de Andorinha. Tais grupos se articulam na consolidação da tradição a partir do sentimento de unidade das comunidades na qual a prática do caxambu se apresenta. Por fim, a pesquisa ao enfocar as dimensões simbólicas que constituem os grupos de caxambu de Horizonte e Andorinha, a partir da prática e da personalização de suas ações, apresenta as estratégias de ação que os grupos estabelecem para manter viva a tradição caxambuzeira, compondo um novo olhar sobre a tradição cultural, constituindo-se como forma e espaço de resistência, luta e organização da cultura afro-brasileira na região. Palavra chave: Caxambu. Cultura. Salvaguarda. Território.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8500
Appears in Collections:PPGA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_11258_Jacyara.pdf6.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.