Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8672
Title: Proposta de melhoria de gestão do conhecimento baseada no modelo de Bukowitz e Williams: estudo de caso em uma Instituição Federal de Ensino
metadata.dc.creator: GOMIDE, E. N.
Issue Date: 22-Jul-2016
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: GOMIDE, E. N., Proposta de melhoria de gestão do conhecimento baseada no modelo de Bukowitz e Williams: estudo de caso em uma Instituição Federal de Ensino
Abstract: Na atualidade, é cada vez mais perceptível a valorização dos ativos intangíveis dentro das organizações. O capital intelectual vem ganhando um papel de destaque, tornando-se um diferencial que agrega valor às instituições. Desta forma, a Gestão do Conhecimento (GC) surge justamente com o objetivo de estruturar e gerenciar processos, de modo que o conhecimento presente nas organizações possa servir de apoio à tomada de decisões, bem como gerar inovações. Porém, a GC ainda é considerada um dos grandes desafios das instituições, principalmente dentro da administração pública, em que são encontradas maiores dificuldades, tais como: a falta de ferramentas para gerenciamento, a estrutura rígida (departamentalização), a perda de conhecimento por meio de aposentadorias e realocação de servidores, entre outros. Portanto, este estudo de caso, realizado em uma Instituição Federal de Ensino, propõe um conjunto de ações que visam o aperfeiçoamento da Gestão do Conhecimento baseado nos resultados obtidos pelo Diagnóstico de Gestão do Conhecimento (DGC) do modelo de Bukowitz e Williams (2002). Este modelo investiga sete seções divididas em dois processos: processo tático (obter, utilizar, aprender e contribuir) e o processo estratégico (avaliar, construir e descartar). O objeto de pesquisa trata-se de uma instituição pública de educação básica, profissional e superior, com mais de 100 anos de existência e atuação, localizada no estado do Espírito Santo, Brasil. O estudo possui abordagem qualitativa e quantitativa, utilizando dois questionários como instrumentos de coleta de dados, aplicados a 29 gestores da organização, representando uma amostra de 96,67% em relação ao universo. Os dados coletados foram tratados seguindo as instruções do modelo escolhido. Com o objetivo de aprofundar a análise, facilitando a apuração dos resultados, foram utilizados indicadores de Gestão do Conhecimento, propostos por Castro (2011). Como resultado, obteve-se a média geral de 62,5% de indicadores, valor este considerado aceitável em relação ao proposto por Bukowitz e Williams (2002). Da mesma forma, o resultado da análise das seções que compõem os processos tático e estratégico também tiveram desempenhos considerados aceitáveis dentro do modelo aplicado. Observou-se ainda que os resultados apontam para a existência de práticas de Gestão do Conhecimento na instituição, contudo a mesma encontra-se em estágio inicial. Isto pois muitas atividades presentes no cotidiano da organização não são mapeadas e gerenciadas de forma planejada e sistemática. Por fim, partindo dos resultados encontrados, foi possível elencar um conjunto de ações visando a melhoria da aplicação e do gerenciamento do conhecimento na instituição estudada, de modo a fornecer aos gestores subsídios para novos modelos diante da gestão pública tradicional.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8672
Appears in Collections:PPGGP - Dissertações de mestrado profissional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_10130_Dissertação Final - Édiron Natalli.pdf2.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.