Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8728
Title: MODELO DEPARTAMENTAL E NÃO DEPARTAMENTAL: UM ESTUDO DE CASO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS de ALEGRE
metadata.dc.creator: OLIVEIRA, J. C.
Issue Date: 4-Jul-2018
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: OLIVEIRA, J. C., MODELO DEPARTAMENTAL E NÃO DEPARTAMENTAL: UM ESTUDO DE CASO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS de ALEGRE
Abstract: Os departamentos foram instituídos nas universidades federais brasileiras (UFBs) por meio da Lei 5.540/1968 (BRASIL, 1968). Nos últimos anos, discussões a respeito da exclusão dos departamentos acadêmicos da estrutura organizacional das universidades têm sido retratadas como uma contribuição para a inovação estrutural e administrativa dessas instituições. No presente trabalho, foi analisada a percepção dos docentes e técnico-administrativos em educação sobre a implementação da estrutura organizacional sem departamentos de ensino nas unidades acadêmicas da UFES Campus de Alegre. Em relação à metodologia, esta pesquisa trata-se de um estudo de caso, de natureza aplicada, de abordagem quanti-qualitativa e, quanto aos objetivos, exploratória e descritiva. Para a coleta dos dados, foi realizada uma pesquisa de opinião, por meio de questionário estruturado, com docentes e técnico-administrativos em educação. Inicialmente, procedeu-se ao uso da estatística descritiva das variáveis significativas, fornecendo um perfil dos respondentes e sua percepção da atual estrutura organizacional. Posteriormente, realizou-se a análise por meio de métodos multivariados para identificar quais as variáveis de maior relevância estatística, obtidas com os planos fatoriais e a extração dos componentes principais. Os resultados das análises estatísticas apresentaram- se significativos, pois foi possível verificar que os fatores mais importantes na percepção dos servidores estão relacionados à necessidade de mudança da estrutura organizacional atual. Isso confirma uma mudança de padrão da cultura institucional, o que pode trazer perspectivas positivas para o Campus de Alegre fazer o redesenho organizacional das suas unidades acadêmicas e administrativas. Os resultados também demonstraram que existe boa aceitação dos Docentes e dos TAEs para uma reestruturação organizacional do Campus de Alegre com foco nos Colegiados de Cursos. Ao final, foi realizado um Relatório Analítico da Percepção dos Servidores sobre o Processo de Reestruturação da UFES - Campus de Alegre, que pode servir como banco de informações para gestores e comunidade acadêmica, visando a implementação de uma nova estrutura organizacional para as Unidades Acadêmicas no Campus de Alegre. Palavras-chave: Estrutura organizacional; Departamentalização; Gestão Pública; Gestão de Universidades.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8728
Appears in Collections:PPGGP - Dissertações de mestrado profissional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_12224_Dissertacao_Josileia_versão_final.pdf3.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.