Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8910
Title: Barreiras de carreira, adaptabilidade e satisfação : percepções de alunos formandos em administração em instituições de educação Superior
metadata.dc.creator: Melo,Mariana Ramos de
Keywords: Administração;Orientação profissional;Oferta de emprego;Satisfação no trabalho;Ensino superior
Issue Date: 25-Jan-2018
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: As conceituações recentes de carreira direcionam aos indivíduos a responsabilidade de aprimoramento contínuo para o desenvolvimento de suas próprias carreiras. Nesse contexto, aspectos da cognição vêm ganhando espaço crescente em estudos que vinculam processos humanos e organizações. Esta pesquisa objetivou, inicialmente, adaptar o Inventário de Percepção de Barreiras de Carreira (IPBC) para a população brasileira. Objetivou, ainda, analisar como percepções de barreiras de carreira e de adaptabilidade influenciam a empregabilidade e a satisfação na carreira entre formandos em Administração em Instituições de Educação Superior (IES). O estudo foi realizado em uma amostra de 358 estudantes, com média de idade de 26,94 anos (DP = 6,03), sendo 57,8% (N = 207) pertencentes ao sexo feminino. Os resultados indicaram evidências de validade e confiabilidade para a versão reduzida do IPBC na população brasileira. Foi evidenciada, ainda, a complexidade acerca do entendimento do processo individual de percepção de barreiras de carreira, além de reforçarem que características sociodemográficas são indicadores potenciais para a compreensão desse processo. Ademais, verificou-se que o desenvolvimento contínuo de habilidades pelos indivíduos para construir suas carreiras e suas vidas favorece as percepções de empregabilidade e de satisfação com a carreira. Esperase, com esta pesquisa, contribuir para o desenvolvimento de estratégias que influenciem positivamente aspectos cognitivos dos indivíduos durante a trajetória da educação. Sugestões para futuras pesquisas são discutidas.
The concepts of contemporary careers direct to individuals the responsibility for continuous improvement in development of their own careers. In this context, cognitive aspects have been increasing in studies that associate human processes and organizations. This research initially aimed to adapt the Career Barriers Perception Inventory in Brazilian population. This research also aimed to analyze how perceptions of career barriers and adaptability influence employability and career satisfaction among undergraduate Administration students of Higher Education Institutions. The study was performed on a sample of 358 students with a mean age of 26,94 years (SD = 6,03), which 57,8% (N = 207) of these were female. The results indicated reliability and validity evidence for the reduced version of the Career Barriers Perception Inventory in Brazilian population. It was also evidenced the complexity about the understanding of individual perception career barriers process, as well reinforced that sociodemographic characteristics are potential indicators for understanding this process. Furthermore, results demonstrated that continuous development of skills by individuals to build their careers and their lives favors employability perceptions and career satisfaction. With this research is expected to contribute for development of strategies that positively influence individual’s cognitive aspects during the education course. Implications for future research are discussed.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8910
Appears in Collections:PPGADM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_11920_Dissertação_Mariana Ramos de Melo_VERSÃO FINAL.pdf3.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.