Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9052
Title: Análise de acidentes de trânsito de caminhoneiros na perspectiva da análise da atividade
metadata.dc.creator: CUNHA, K. R.
Keywords: caminhoneiros;acidentes de trânsito;ergonomia;
Issue Date: 17-Aug-2016
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: CUNHA, K. R., Análise de acidentes de trânsito de caminhoneiros na perspectiva da análise da atividade
Abstract: O transporte de cargas rodoviário é extremamente importante para a economia, o que faz com que os acidentes envolvendo caminhões sejam tão importantes de serem estudados, já que quando acontecem além de gerar um dano econômico, eles podem ser fatais para os envolvidos. Sendo assim, o objetivo desta dissertação foi analisar as situações de acidentes de trânsito envolvendo caminhoneiros de longas rotas na perspectiva da saúde e da atividade real de trabalho. A pesquisa apoiou-se na ideia de que as causas dos acidentes devem ser analisadas considerando uma grande quantidade de acontecimentos, e não apenas as falhas técnicas e humana e utilizou-se da abordagem ergonômica francesa. A pesquisa consistiu em dois estudos, o primeiro teve por objetivo tentar evidenciar as complexas relações trabalho-competência-acidente por meio do levantamento das características sociodemográficas dos caminhoneiros, das competências que consideram mais importantes no seu trabalho e sua relação com acidentes de trânsito, podendo assim pensar em formas alternativas de análise dessa relação. Esse estudo foi realizado por meio da aplicação de questionário fechado, participaram 198 caminhoneiros trabalhadores de uma mesma empresa localizada na Grande Vitória (ES Brasil) e os dados analisados estatisticamente. O segundo estudo teve o objetivo analisar as causas de acidentes de trânsito de caminhoneiros de longas rotas, para assim propor formas de prevenção eficazes baseada na análise da atividade real do trabalho. Ele foi realizado por meio de entrevistas com 20 motoristas de caminhão de uma mesma transportadora de cargas rodoviária também localizada na Grande Vitória. A análise dos dados qualitativos das entrevistas foi baseada no Método da Árvore de Causas. Os resultados dos dois estudos permitiram a análise de acidentes de trânsito sob a ótica dos próprios caminhoneiros. Eles indicam que os acidentes não são unicausais e que suas origens são mais complexas do que o observado em outras pesquisas. Para os trabalhadores, os acidentes de trânsito estão mais relacionados com a forma como o trabalho se organiza (horários, riscos) e com as presses (prazos, exigencies da empresa) do que com os fatores do indivíduo (idade, tempo de tabalho). O trabalho de caminhoneiro mostrou ser uma profissão estressante e sobre forte pressão, tanto da empresa que trabalham, quanto da sociedade, quanto de si mesmo. A pesquisa reforça a ideia da importância de se modificar a forma como a atividade é feita para se evitar acidentes e não somente a realização de treinamentos, ainda que estes últimos também sejam importantes. Para se prevenir os acidentes de maneira mais eficaz, deve-se tanto realizar treinamentos focados na realidade, quanto outras intervenções junto a própria organização, que visem alterar suas metas e redefinir o que é esperado do motorista.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9052
Appears in Collections:PPGP - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_8742_DISSERTAÇÃO Kamilla Rocha Cunha.pdf2.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.