Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9189
Title: Difficile Est Saturam Bene Vertere: Os Desafios da Tradução Poética e uma Versão Brasileira das Sátiras de Juvenal
metadata.dc.creator: CARMO, R. C.
Issue Date: 25-May-2018
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: CARMO, R. C., Difficile Est Saturam Bene Vertere: Os Desafios da Tradução Poética e uma Versão Brasileira das Sátiras de Juvenal
Abstract: Este estudo apresenta uma tradução integral das Sátiras de Décimo Júnio Juvenal, poeta latino cuja obra foi escrita nos anos iniciais do século II d.C. Além de apresentar-se uma versão da obra juvenaliana para o português, propõe-se, no estudo, um panorama a respeito das ideias de alguns dos pensadores que dedicaram reflexões e comentários à tradução. Tal panorama, além de informar sobre a maneira como se entendeu a tradução em épocas distintas, cumpre a função de oferecer um conjunto de noções a partir das quais não apenas se elegeu um procedimento específico para nortear o esforço tradutório aqui levado a cabo, como também se consolidou o entendimento sobre a tradução de que o estudo é exemplar. Objetivou-se, enfim, tecer breves comentários sobre traduções anteriores da obra de Juvenal, a saber: as de Francisco António Martins Bastos e António de Sousa da Silva Costa Lobo, tradutores portugueses do século XIX, bem como sobre a própria tradução em que a tese consiste, a fim de ilustrar a relevância da leitura e compreensão individuais para o resultado final a que chega uma tradução. Dessa forma, destaca-se a relação íntima que a atividade do tradutor tem com a do crítico.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9189
Appears in Collections:PPGL - Dissertações de mestrado



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.