Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9460
Title: APLICAÇÃO DE MÉTODOS QUANTITATIVOS DE MAPEAMENTO DE DESLIZAMENTO DE TERRA NAS ENCOSTAS DE VITÓRIA, ES
metadata.dc.creator: FERRAO, G. V.
Keywords: perigo natural;deslizamento de terra;método AHP
Issue Date: 6-May-2016
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: FERRAO, G. V., APLICAÇÃO DE MÉTODOS QUANTITATIVOS DE MAPEAMENTO DE DESLIZAMENTO DE TERRA NAS ENCOSTAS DE VITÓRIA, ES
Abstract: A cidade de Vitória, capital do Espírito Santo, ES, possui características geotécnicas, condições climáticas e de ocupação que propiciam ocorrências de escorregamentos em encostas. Esta dissertação contempla analisar a suscetibilidade, perigo e risco de escorregamentos em encostas localizadas em áreas urbanas de Vitória, ES, incorporando técnicas de tomada de Decisão, como o Processo de Análise Hierárquica (AHP), na comparação por grau de importância na análise dos fatores condicionantes de instabilidade e na hierarquização dos setores. O estudo foi realizado no bairro Forte São João, localizado na cidade de Vitória ES, em que foram selecionadas 21 encostas para avaliar a classificação de perigo e de risco. A abordagem de perigo dos setores se diferenciaram na influência das feições de instabilidade presentes no local. Entretanto para todas as verificações realizadas 60% ou mais dos setores avaliados obtiveram classificações de perigo iguais ou mais conservadores (avaliação superestimada) do que aqueles classificados pelo Projeto Mapenco e PMRR que adotam técnicas de avaliação em campo. A metodologia incorporada possibilitou também hierarquizar os setores avaliados. Ou seja, encostas que obtiveram mesma classificação de perigo, ainda assim foram comparadas entre si com intermédio do índice de perigo e foram definidas quais delas necessitam mais de uma ação prioritária de intervenção por parte dos órgãos governamentais. Elaboraram-se também dois mapas de suscetibilidade a deslizamento de terra associando técnicas de retroanálise, método AHP em ambiente SIG (Sistema de Informações Geográficas). Os dois mapas foram desenvolvidos com base nas características dos deslizamentos de terra ocorridos no Bairro Forte São João desde 2006, tal que se diferenciam na quantidade de classes dos fatores condicionantes de instabilidade adotados. Esses mapas foram comparados com mapas locais, elaborados pelo Mapenco e PMRR com avaliações em campo, tal que se verificou uma semelhança na classificação de suscetibilidade em aproximadamente 60% da área física do local de estudo. Palavras chaves: perigo natural, deslizamento de terra, método AHP.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9460
Appears in Collections:PPGEC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_10303_Dissertação Guilherme Ventorim Ferrão.pdf3.87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.