Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9921
Title: Sistemática e Biogeografia de Oligoneuriidae Ulmer, 1914 (insecta: Ephemeroptera)
metadata.dc.creator: MASSARIOL, F. C.
Issue Date: 16-Mar-2017
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: MASSARIOL, F. C., Sistemática e Biogeografia de Oligoneuriidae Ulmer, 1914 (insecta: Ephemeroptera)
Abstract: Oligoneuriidae é uma família Pantropical de Ephemeroptera composta por 12 gêneros e 62 espécies. Três subfamílias são reconhecidas, Chromarcyinae com uma única espécie da Região Oriental, Colocrurinae com duas espécies fósseis do Brasil e Oligoneuriinae com as demais espécies distribuídas nas Américas e regiões Afrotropical e Paleártica. Seus imaturos habitam ambientes aquáticos com diferentes níveis de perturbação, podendo ser utilizadas como bioindicadores de qualidade de água. Entretanto, a taxonomia do grupo é complexa, uma vez que ninfas e adultos não apresentam muitos caracteres morfológicos diagnósticos e a maioria das espécies não foi descrita com base em todos os estágios do ciclo de vida. Neste contexto, a utilização de códigos de barra de DNA se torna uma ferramenta útil e complementar à taxonomia tradicional. Como resultado da presente tese, seis novas espécies foram descritas L. alcidesi, L. aldinae, O. (O.) amandae, O. (O.) mitra, O. (Y.) anatina e O. (Y.) truncata e os subgêneros Madeconeuriae Yawariforam elevados à nível genérico, assim, a família passa a contar com 14 gêneros e 68 espécies. A análise de parcimônia dos dados morfológicos e a máxima verossimilhança e inferência bayesiana dos dados moleculares e combinados suporta a divisão em três subfamílias. Além disso, com base nos agrupamentos recuperados em todas as análises três novas tribos foram propostas: Homoeoneuriini, Elassoneuriini e Oligoneuriellini. De acordo com as análises biogeográficas (S-DIVA e Lagrange) e de estimativas de tempo de divergências a família se originou no supercontinente Gondwana há cerca de 150 milhões de anos atrás, porém numa área restrita à Região Neotropical. 97 sequências representando 73% dos gêneros viventes e 20% das espécies descritas de Oligoneuriidae foram depositadas no BOLD em um novo projeto chamado DNA Barcodingof Oligoneuriidae. O valor de divergência intraespecífico máximo encontrado foi alto (15.05%), o que pode estar ligado à presença de espécies crípticas. Apesar da existência de uma lacuna no DNA barcodelocal, tal lacuna não foi detectada no DNA barcodeglobal para Oligoneuriidae.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9921
Appears in Collections:PPGBAN - Teses de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_10770_Tese - Fabiana C Massariol.pdf23.44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.