Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10126
Título: Organização da rede de cuidados frente à síndrome da Zika congênita
Autor(es): Pereira, Camila Marchiori
Orientador: Andrade, Maria Angélica Carvalho
Data do documento: 28-Mar-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Devido à epidemia do vírus Zika, instaurada no ano de 2015, os números dos casos de nascimentos com microcefalia aumentaram bruscamente nos últimos dois anos. A presente pesquisa objetiva identificar e analisar as redes de cuidado que perpassam mães e profissionais de saúde diante do diagnóstico de síndrome da Zika congênita em Vitória/ES. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de delineamento analítico-descritivo. Os participantes da pesquisa são mulheres que tiveram seus bebês diagnosticados ou sob suspeita de síndrome da Zika congênita durante a gestação e profissionais de saúde que tenham acompanhado essas mulheres. A partir do entendimento de que uma rede de cuidado é constituída por atores estratégicos que se interconectam agenciando as formas de cuidado, será utilizada a técnica de amostragem Bola de Neve para o grupo de participantes profissionais de saúde. Para a coleta de dados, foram utilizadas entrevistas semiestruturadas e por fim, para a análise de dados, foi utilizada a Análise de Conteúdo Temática. Os resultados estão apresentados na forma de artigos. Para a análise da rede de cuidados, utilizou-se a concepção de redes em saúde de Mario Rovere como referencial teórico. Os resultados apontam para a existência de uma rede de cuidados fragmentada pautada na lógica de encaminhamentos guiada pela atenção especializada. Devido a ainda serem escassos os conhecimentos sobre o desenvolvimento clínico da síndrome da Zika congênita, encontram-se no cenário, em saúde, mães infectadas pelo vírus Zika vivenciando sentimentos de estresse frente à incerteza da doença e profissionais de saúde sentindo-se impotentes. A presente pesquisa evidencia a necessidade da promoção de capacitação de profissionais de saúde frente à infecção por vírus Zika e estratégias de enfrentamento às repercussões psicológicas do diagnóstico para gestantes e puérperas.
Due to the Zika virus outbreak in 2015, the numbers of birth cases of babies with microcephaly have increased sharply in the past two years. This research aims to identify and analyze the care networks that encompass mothers and health professionals before the diagnosis of Congenital Zika Syndrome in Vitória / ES. This is a qualitative research of analytical-descriptive design. The survey participants are women who were either diagnosed or suspected of having Zika Syndrome during pregnancy, and also health professionals who accompanied these women. Based on the understanding that a network of care is made up of strategic actors that interconnect themselves by arranging the forms of care, the Snowball Sampling technique was used for the group of professional health participants. The data collection was done by semi-structured interviews, and followed by a data analysis where the Thematic Content Analysis was used. The results are presented in the form of papers. For the analysis of the care network, the design of health networks of Mario Rovere was used as theoretical reference. The results point to the existence of a fragmented network of care guided by the logic of referrals based on specialized care. Due to the lack of knowledge in the clinical development of Congenital Zika Syndrome, in the health care scenario mothers infected with the virus experiencing feelings of stress in the face of disease uncertainty can be found, in contrast to health professionals who feel powerless. The results highlight the need to promote specialized training for health professionals to face the Zika virus infection and to create strategies for pregnant women and puerperal women to cope with the psychological repercussions of the diagnosis.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10126
Aparece nas coleções:PPGASC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12026_DISSERTACAO CAMILA20180618-93328.pdf1.19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.