Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5372
Título: O pacto dos indicadores da atenção básica : $b contando experiências e buscando novas possibilidade na construção do SUS - o caso Vitória-ES
Autor(es): Caser, Maria Cirlene
Orientador: Lima, Rita de Cássia Duarte
Palavras-chave: Atenção primária a saúde
Pacto da atenção básica
Saúde da família
Gestão em saúde
Monitoramento
Primary attention to health
Basic attention pact
Family health
Health management
Evaluation
Monitoring
Social Control
Data do documento: 11-Dez-2006
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Essa pesquisa aborda o Pacto da Atenção Básica como instrumento de gestão para as ações de Monitoramento e Avaliação da Atenção Primária à Saúde. Constitui-se numa pesquisa qualitativa que busca identificar a contribuição dada por este instrumento aos gestores municipais de saúde, visando à organização da Atenção Primária à Saúde, no âmbito do Sistema Único de Saúde. Analisa por meio de entrevista semi-estruturada com os atores envolvidos como tem se constituído os processos de trabalho e os limites da participação da sociedade civil neste processo. Os achados deste estudo identificaram que o Pacto tem sido entendido como instrumento de gestão pelos atores envolvidos, porém mais efetivamente por aqueles atores responsáveis com o processo de gestão do sistema municipal de saúde, que são: o secretario de saúde, o coordenador municipal das equipes de Saúde da Família e os coordenadores das Unidades de Saúde da Família. Desta forma, percebe-se que a utilização do pacto como instrumento de gestão para o Monitoramento e Avaliação das ações da Atenção Primária à Saúde no território das equipes ainda não se efetivou. Há ensaio de aproximação com o tema, porém esta articulação tem sido feita apenas com os gerentes das Unidades de Saúde da Família. O Conselho Municipal de Saúde não tem participado do processo de discussão do pacto. Desta forma, os achados deste estudo nos permitem afirmar haver ainda um longo caminho a percorrer na institucionalização do processo de monitoramento e avaliação para este nível de atenção.
The research is about the Basic Attention Pact as instrument of management for the actions of Monitoring and Evaluation of Primary Attention to Health. It is a qualitative research, which goal is identifying the contribution given by that instrument to the municipal managers of health, aiming at organizing the Primary Attention to Health, in the SUS ambit. It analyses through a semi structured interview with the actors involved how the processes of work are constituted and the participation limits of the civil society in the process. The findings identified that the Pact has been seen as a management instrument by the actors involved, however, more effectively for those actors responsible for the management process of the municipal system of health, which are: the Secretary of Health, the municipal coordinator of the Family Health groups and the coordinators of the Family Health Units. This way, it is noted that the use of the pact as management instrument for the Monitoring and Evaluation of actions of Primary Attention to Health in the groups’ territory has not been effected yet. There is an approximation rehearsal with the theme, but that articulation has only been made with the Family Health Units managers. The Municipal Health Board has not participated in the process of the pact discussion. This way, the study findings make possible to affirm the existence of a long path to run in the institutionalization of the monitoring and evaluation process for this level of attention.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5372
Aparece nas coleções:PPGASC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_2506_2004_Maria Circele Case.pdf707.71 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.