Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8323
Título: Aplicativo educacional para apoiar o ensino do processo de enfermagem na assistência à mulher, à criança e à família em amamentação
Autor(es): Resende, Fabíola Zanetti
Orientador: Primo, Cândida Caniçali
Data do documento: 28-Mar-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Introdução: A assistência de enfermagem à mulher, à criança e à família em processo de amamentação possui uma multiplicidade de fatores que podem interferir para o início, a manutenção e a duração da amamentação. O desenvolvimento do processo de enfermagem individualiza o cuidado e facilita a identificação dos fatores influenciadores e, assim, pode contribuir para a redução do desmame precoce. O enfermeiro pode demandar de uma variedade de diagnósticos de enfermagem e, por sua vez, de intervenções de enfermagem específicas para a resolução de problemas reais ou potenciais observados, destacando a importância de ferramentas que trazem enunciados de enfermagem representativos da prática clínica. Este estudo buscou alinhar os benefícios oriundos das Tecnologias da Informação e Comunicação ao ensino-aprendizagem e ao desenvolvimento do Processo de Enfermagem. Objetivo: Reorganizar o subconjunto terminológico da CIPE® para assistência à mulher, à criança e à família em processo de amamentação e desenvolver um aplicativo para o apoio ao ensino do processo de enfermagem em amamentação. Metodologia: Estudo do tipo metodológico. A reorganização do subconjunto foi realizada em cinco etapas: 1) mapeamento cruzado entre os diagnósticos e resultados de enfermagem do Subconjunto CIPE® e versão CIPE® 2015; 2) validação de conteúdo dos diagnósticos e resultados de enfermagem; 3) mapeamento cruzado entre as intervenções de enfermagem do Subconjunto CIPE® e versão CIPE® 2015; 4) validação das intervenções de enfermagem; e 5) estruturação do subconjunto terminológico CIPE® para assistência à mulher, à criança e à família em processo de amamentação. O aplicativo, por sua vez, foi desenvolvido em quatro etapas: 1) definição de requisitos e elaboração do mapa conceitual do aplicativo; 2) geração das alternativas de implementação e prototipagem; 3) testes; e 4) implementação. Resultados: 13 diagnósticos/resultados obtiveram IVC maior ou igual a 0,8 (13,3%); 34 de 0,6 a 0,79 (34,7%); e 51 menores que 0,6 (52%). Os termos “Falta de privacidade”, “Tomada de decisão pela amamentação eficaz”, “Desempenho de papel de mãe eficaz” e “Desempenho de papel de mãe melhorado” não tiveram enunciado validado que mantivessem a relação entre DE e RE. Assim, acrescentaram-se mais três enunciados, totalizando 50 DE/RE. Das 396 IE encaminhadas para validação, 350 enunciados obtiveram IVC maior ou igual a 0,80. O aplicativo “CuidarTech Amamenta”, contém cinco opções de navegação: “Subconjunto CIPE® de amamentação”, que traz os diagnósticos, resultados e intervenções; “Estudos de caso”, que contém 10 casos para exercício do raciocínio diagnóstico; “Sobre a CIPE®”, “Sobre Subconjuntos CIPE®” e “Sobre a Teoria Interativa de Amamentação”, que trazem conteúdos sobre cada um desses temas; e “Créditos”, que tem informações sobre a finalidade e a equipe responsável. Conclusão: O processo de validação envolveu enfermeiros de todas as regiões do Brasil, o que evidencia a representatividade dos enunciados na prática clínica vivenciadas em maternidade, Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, Banco de Leite Humano e na atenção primária. O subconjunto, composto por 50 diagnósticos, 27 resultados e 350 intervenções de enfermagem, serviu de base para o desenvolvimento do aplicativo “CuidarTech Amamenta”. Essas duas ferramentas apresentam-se como novas tecnologias na área da enfermagem e poderão trazer subsídios para o desenvolvimento do processo/consulta de enfermagem. O aplicativo poderá ser utilizado no ensino-aprendizagem como apoio aos estudantes para o raciocínio diagnóstico e a tomada de decisão.
Introduction: Nursing care to the woman, the child and the family in the breastfeeding process has a multiplicity of factors that may interfere with the initiation, maintenance and duration of breastfeeding. The development of the nursing process or nursing consultation individualizes the care and makes easier to identify the influencing factors, therefore contributing to reduce premature weaning. The nurse may use a variety of nursing diagnoses and specific nursing interventions to solve the observed problem, showing the importance of the procedures that bring nursing statements representative of clinical practice. This study aimed at aligning the benefits of Computer Information Technologies to Teaching-Learning and Development of the nursing process / nursing appointment. Objective: To reorganize the INCP® subset to assist women, children and families in the breastfeeding process, and to develop an application to support the teaching of the nursing process or the nursing consultation to breastfeeding. Methodology: Methodological study. The subset reorganization was performed in five steps: 1) Cross-mapping between the nursing diagnoses and outcomes of the INCP® subset and the 2015 INCP® version; 2) Content Validation of nursing diagnoses and outcomes with judges; 3) Cross-mapping between the nursing interventions of the INCP® subset and the 2015 INCP® version; 4) Validation of nursing interventions with judges; 5) Structuring the INCP® subset to assist women, children and the family in the process of breastfeeding. The application was developed in four steps: 1) Definition of requirements and elaboration of the conceptual map of the application; 2) Generation of alternatives of implementation and prototyping; 3) Tests; and 4) Implementation. Results: 13 diagnoses / outcomes obtained (validation index of content) VIC greater than or equal to 0.8 (13.3%); 34 from 0.6 to 0.79 (34.7%); 51 less than 0.6 (52%). The terms “Lack of privacy”, “Decision making towards effective breastfeeding”, “Effective mother role performance” and “Improved mother role performance” had no other validated statement that maintained the relationship between nursing diagnoses and outcomes, therefore three statements were added, totaling 50 nursing diagnoses/outcomes. Of the 396 nursing interventions submitted for validation, 350 obtained VIC greater than or equal to 0.80. The application “Cuidartech Amamenta” contains five navigation options: “INCP® Breastfeeding Subset”, which brings the diagnoses, outcomes and interventions; “Case studies”, which contains 10 cases for the exercise of diagnostic reasoning; “About INCP®”, “About INCP® Subsets” and “About Interactive Theory of Breastfeeding”, which shows content about each of these topics; and “Credits”, which has information about the purpose of the application and responsible team. Conclusion: The validation process involved nurses from all regions of Brazil, which shows the representativeness of the statements in clinical practice in maternity ward, Neonatal Intensive Care Unit, Human Milk Bank and primary care. The subset, containing 50 diagnoses, 27 outcomes and 350 nursing interventions, served as the basis for the development of the application “Cuidartech Amamenta”. These two tools present themselves as new technologies in nursing that can provide the development of the nursing process or nursing consultation. The application can be used in teaching-learning as a support to students for diagnosis reasoning and decision-making.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8323
Aparece nas coleções:PPGENF - Dissertações de mestrado profissional

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12353_dissertação revisada_final Fabiola.pdf4.69 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.