Navegando por Idioma Nesta pesquisa, analisa-se a institucionalização do trabalho de cuidado em Uruguai a partir do processo de implementação do Sistema Nacional Integrado de Cuidados (SNIC). Com essa finalidade, propõe-se indagar sobre as principais problemáticas de gênero associadas ao trabalho de cuidado, abordando o conceito de trabalho de cuidado, assim como as discussões que o atravessam pelo seu caráter interdisciplinar e o debate sobre gênero. Em consequência, o SNIC, inscreve-se na matriz de proteção social vigente, por tanto, examinam-se as principais transformações atravessadas no século XXI. A política de cuidados que encarna o SNIC, é descrita em profundidade, incorporando seus eixos transversais como a perspectiva de gênero e a corresponsabilidade com seus conceitos centrais de autonomia, dependência, cuidado. Dita política pública examina-se através de diversos documentos regulatórios y de entrevistas realizadas ao pessoal gestor da política dentro da Secretaría Nacional de Cuidados. Analisa-se o Programa de Assistentes Pessoais (PAP) dentro do contexto do SNIC, que constitui um subsídio para as pessoas em situação de severa dependência, lhes oferecendo acesso regulado a serviços de cuidado domiciliar. A análise do PAP incorpora o estudo dos dados obtidos através de entrevistas realizadas a assistentes pessoais. As principais contribuições que a pesquisa recolhe, encontram-se no âmbito da regulação do cuidado desde a perspectiva sistémica, onde o SNIC incorpora os aportes do campo teórico e suas críticas. Evidenciam-se nele, maiores desafios para combater a desigualdade de gênero pela dificuldade de mudanças na organização atual do cuidado, o qual encontra-se caracterizado por sua desvalorização e feminização.

Ir para: 0-9 A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
ou entre com as primeiras letras:  
Mostrando resultados 1 a 1 de 1
Pré-visualizaçãoData do documentoTítuloAutor(es)
2019-06-26El sistema Nacional Integrado de Cuidados de Uruguay (SNIC) : análisis del trabajo de cuidado en la experiencia del programa de asistentes personales (PAP)Fonseca Estévez, Agustina