Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10355
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorFerraz, Daniel de Mello-
dc.date.accessioned2018-08-27T14:45:43Z-
dc.date.available2018-08-27-
dc.date.available2018-08-27T14:45:43Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/10355-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectEu e outropor
dc.subjectContexto localpor
dc.subjectEducação críticapor
dc.subjectJusticeeng
dc.subjectSelf and othereng
dc.subjectLocal contexteng
dc.subjectEnglish languageeng
dc.subjectCritical educationeng
dc.titleA educação crítica em língua inglesa em uma comunidade desfavorecida do Espírito Santo : eu, o outro, e o outro eupor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc80-
dc.subject.br-rjbnLíngua inglesapor
dc.subject.br-rjbnJustiça socialpor
dc.subject.br-rjbnGlocalizaçãopor
dc.subject.br-rjbnEducação - Aspectos sociaispor
dc.subject.br-rjbnPedagogia críticapor
dcterms.abstractA presente pesquisa-ação colaborativa visa identificar e analisar as relações estabelecidas nas práticas sociais e pedagógicas no contexto da educação em língua inglesa na escola pública de uma comunidade desfavorecida do Espírito Santo, bem como intervir no contexto estudado, focalizando a justiça nas relações a partir da ação e interação entre os sujeitos envolvidos no processo educativo, de forma democrática e emancipadora. A pesquisa entende como desfavorecida a comunidade subalternizada pela hierarquia das relações de poder, e que, por essa razão, encontra poucas oportunidades de acesso aos capitais econômico, social, cultural e simbólico (cf. BOURDIEU, 1987). Considerando as identidades, as subjetividades, as alteridades, as culturas, a tensão entre local e global e entre eu e outro, a pesquisa problematiza a educação em língua inglesa por intermédio de questões norteadoras, a saber: O que estes estudantes pensam da língua inglesa em termos de acesso, possibilidades e aprendizagem? As aulas contemplam o contexto e a realidade dos alunos? Quais os anseios dos alunos envolvidos no processo de educação em língua inglesa? Eles vislumbram participar ativamente na transformação das relações de poder ou apenas ensejam reproduzir o modelo dominante? A partir da análise dos dados coletados, a presente pesquisa propõe uma reflexão acerca das práticas pedagógicas no campo da educação em língua inglesa e sugere uma discussão sobre a importância do desenvolvimento da consciência crítica e do agenciamento dos sujeitos por meio da educação. Esta pesquisa busca contribuir para uma educação crítica que focalize as práticas pedagógicas situadas e abertas ao diálogo horizontal, priorizando o contexto local e valorizando as diferenças, no intuito de promover justiça a partir da ressignificação das relações entre eu e outro no contexto escolar.por
dcterms.abstractThis collaborative action research aims at identifying and analyzing the relationships established in social and pedagogical practices in the context of English language education in a public school of a disadvantaged community in Espírito Santo, as well as intervening in the studied context, focusing on justice in relationships, departing from the action and interaction between the subjects involved in the educational process, in a democratic and emancipatory way. The research understands as disadvantaged the community which is subalternized by the hierarchy of power relations, and for this reason finds few opportunities of access to economic, social, cultural and symbolic capital (BOURDIEU, 1987). Considering the identities, subjectivities, alterities, cultures, the tension between local and global and between self and other, this research problematizes the education in English language by means of guiding questions, to wit: What do these students think of the English language in terms of access, possibilities and learning? Do the classes take into account the students’ context and their reality? What are the expectations of students involved in the English language education process? Do they envisage actively participating in the transformation of power relations or do they only wish to reproduce the dominant model? Based on the analysis of the collected data, the present research proposes a reflection about pedagogical practices in the field of English language education and suggests a discussion about the importance of developing critical awareness and the agency of the subjects through education. This research seeks to contribute to a critical education that focuses on situated pedagogical practices which are open to horizontal dialogue, prioritizing the local context and valuing the differences, in order to promote justice by re-signifying the relations between self and other in the school context.eng
dcterms.creatorFonseca, Camila Oliveira-
dcterms.formattexteng
dcterms.issued2018-03-01-
dcterms.languageporeng
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Linguísticapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqLinguísticapor
dc.publisher.courseMestrado em Estudos Linguísticospor
dc.contributor.refereeVidon, Luciano Novaes-
dc.contributor.refereeDuboc, Ana Paula Martinez-
Aparece nas coleções:PPGEL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11801_FONSECA_ DISSERTAÇÃO_OFICIAL.pdf21.41 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.