Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10655
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorOrtega, Antonio Carlos-
dc.date.accessioned2018-12-20T13:33:22Z-
dc.date.available2018-12-20-
dc.date.available2018-12-20T13:33:22Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/10655-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleHistórias de amor sob a perspectiva da moralidade : um estudo comparativo entre mulheres casadas de duas geraçõespor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc159.9-
dc.subject.br-rjbnMulheres casadaspor
dc.subject.br-rjbnAmorpor
dc.subject.br-rjbnVirtudespor
dc.subject.br-rjbnRelacionamento amorosopor
dc.subject.br-rjbnMoralidadepor
dcterms.abstractOs relacionamentos amorosos são influenciados pelo contexto social em que serão desenvolvidos (Del Priore, 2012; Ferry, 2013), e o referido contexto do momento atual, pode ser considerado pouco favorável ao estabelecimento de relações respeitosas (La Taille, 2009) necessárias a autonomia moral (Piaget, 1932/1994), e propenso para relações frágeis e instáveis (Bauman, 2004). Assim, o presente estudo teve por objetivo realizar uma comparação, sob a perspectiva da moralidade, dos discursos de mulheres casadas de duas gerações acerca da escolha do parceiro no início do relacionamento e da decisão para o casamento. Para atingirmos este objetivo analisamos entrevistas feitas a 30 mulheres casadas com idade entre 20 e 30 anos,que foram realizadas em períodos distintos -1993 e 2013. Os principais resultados apontaram que a escolha pelo início do relacionamento é justificado, na maior parte das vezes, por argumentos de aspecto pessoal, ou seja, baseada em características pessoais do parceiro, ou em sentimentos próprios das mulheres. Nesse caso, virtudes como respeito, fidelidade, paciência e amor foram mencionadas dentre as características do parceiro, mas com baixa frequência frente a outras justificativas. Já a decisão pelo casamento foi explicada principalmente por meio de aspectos do casal, ou seja, as mulheres manifestaram atenção sobre características, sentimentos, desejos ou necessidades em comum entre os envolvidos. Por sua vez, as mulheres entrevistadas em 1993 pautaram sua escolha amorosa em aspectos da ordem dos sentimentos e dos desejos, salientando seus sentimentos no início do namoro, e ainda o desejo que ela e seu parceiro tinham de estar junto, ou ainda o desejo de outras pessoas sobre a realização do casamento. Por outro lado, as entrevistadas em 2013 destacaram aspectos mais práticos para o novo relacionamento, enfatizando características pessoais do parceiro no primeiro momento, e a estabilidade financeira e o conhecimento mútuo entre o casal no segundo. Consideramos que a presente pesquisa pode corroborar para a compreensão dos processos envolvidos no estabelecimento das relações amorosas na atualidade, podendo auxiliar na elaboração de propostas de intervenção que visem a agir sobre a fragilidade dos vínculos, e promover a construção de relações baseadas no respeito mútuo em que a prática da autonomia moral seja preconizada.por
dcterms.abstractThe relationships are influenced by the social context in which they will be developed (Del Priore, 2012, Ferry, 2013), and at the context of the current moment can be considered unfavorable to the establishment of respectful relations (La Taille, 2009) required to develop moral autonomy, 1932/1994), and prone to fragile and unstable relationships (Bauman, 2004). Thus, the present study aimed to compare, from the perspective of morality, the discourses of married women of two generations on the choice of the partner at the beginning of the relationship and on the decision to marry. In order to reach this goal, we analyzed interviews with 30 married women aged between 20 and 30. The interviews were carried out in different periods - 1993 and 2013. The main results pointed out that the choice of starting the relationship is justified, in most cases, by the partner’s personal characteristics or on women's personal feelings. In this case, virtues such as respect, loyalty, patience and love were mentioned among the desired characteristics of the partner, but with lower frequency compared to other justifications. Conversely, the marriage decision was mainly explained by common personal aspects of the couple. Women expressed attention on characteristics, feelings, desires or common needs. On the other hand, the women interviewed in 1993 based their choice on feelings and wills, emphasizing their personal feelings from the beginning of the relationship. On what concerns to marriage, they considered,their as well as and her partner wills to be together, and the desire of other people about the achievement of marriage. On the other hand, those interviewed in 2013 highlighted more practical aspects expected from the new relationship, such as the partner’s personal characteristics in the first moment and secondly, financial stability and mutual acquaintance. The present research can corroborate to understand the processes involved in the establishment of current relationships. It can help in the design of intervention practices that aim to address the fragility of human bonds and to promote the construction of relationships based on mutual respect where the practice of moral autonomy is pledged.eng
dcterms.creatorMoraes, Tatiana Machado-
dcterms.formattexteng
dcterms.issued2018-04-23-
dcterms.languageporpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Psicologiapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqPsicologiapor
dc.publisher.courseMestrado em Psicologiapor
dc.contributor.refereeQueiroz, Sávio Silveira de-
dc.contributor.refereeAlves, Ariadne Dettmann-
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10282_Dissertacao-de-mestrado-Tatiana-Versão-ENTREGUE.pdf2.01 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.