Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10815
Título: Avaliação dimensional da via aérea superior e dos seios da face em mulheres com apneia obstrutiva do sono
Autor(es): Silva, Cassiana Augusta da
Orientador: Pacheco, Maria Christina Thomé
Coorientador: Brandão, Roberto Carlos Bodart
Palavras-chave: Apneia obstrutiva do sono
Mulheres
Obstrução das vias respiratórias
Data do documento: 27-Nov-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A apneia obstrutiva do sono (AOS) se caracteriza por obstruções repetitivas da via aérea superior(VAS)durante o sono, sonolência diurna,diminuição da qualidade de vidae graves impactos sistêmicos. Apresenta prevalência significativa na população e, mesmo assim, muitos casos permanecem sem diagnóstico, principalmente no sexo feminino, porquanto alguns mecanismos da doença ainda são desconhecidos. Os objetivos foram avaliar as dimensões da VAS e dos seios da face de mulheres com e sem AOSpara verificar a existência dealterações indicativas da doença e a influência da idadesobre as dimensões avaliadas. Medidas volumétricas e lineares foram realizadas em um total de 29 tomografias computadorizadas de feixe cônico, sendo 16no grupo de mulheres com AOSleve ou moderada e 13 no grupo de mulheres sem risco de AOS. Foram medidos os volumes da faringe(Vfar), complexo nasal(Vnas), seios maxilares (Vsm), seio frontal (Vsf)e o valor total em volume das estruturas descritas(Vtotal). Medidas lineares foram realizadasna largura da cavidade nasal, comprimento e largura dos tecidos moles das conchas nasais inferiores, comprimento e largura do palato mole. Os grupos também foram avaliados por faixas etárias de 30-49 e 50-65 anos. Não houve diferença significativa para os volumes entre os grupos com e sem AOS, entretanto, as mulheres com AOSapresentaramtendência aredução do volume dafaringe e dos seios da face e aapresentaropalato mole mais longo e espesso. Ogrupo com AOS eidade avançada apresentou aumento significativoda largura dos tecidos moles das conchas nasais inferiores.Mulherescom idade avançada apresentam diminuição dosvolumesdas cavidades faciais eaumento das medidas dostecidos moles dasconchas nasais inferiores e do palato mole, independentemente da presença da AOS.
Obstructive sleep apnea (OSA) presents with repetitive upper airway obstruction during sleep, daytime sleepiness, decreased quality of life and severe systemic consequences. Even though OSA has a significant prevalence in the general population, many cases remain undiagnosed - mainly in woman - because some disease’s mechanisms are still unknown. The objectives were to evaluate the upper airway and facial sinus dimensions of women with and without OSA to detect possible dimensional changes that could indicate the presence of OSA and to evaluate the influence of age on the dimensions studied. Volumetric and linear measurements were taken in twenty-nine cone beam Computer tomography, in which 16 women had mild and moderate OSA and 13 women had no risk for developing the disease. Volumes evaluated were pharynx (Vfar), nasal complex (Vnas), maxillary sinuses (Vsm), frontal sinus (Vsf) and the sum of all these volumes (Vtotal). Linear measurements were nasal cavity’s width, inferior turbinate’s and soft palate’s length and width. Both groups were evaluated by age of 30-49 and 50-65 years old. No significant differences were found in volumes between groups. However, women with OSA showed a reduction on all the volumes of pneumatic cavities and increased soft palate measurements. The older group with OSA showed a significant increase in the inferior turbinate’s width. Women, in general, showed decreased volumes of facial cavities and increased measurements for lower nasal turbinate and soft palate, although not necessarily caused by the OSA.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10815
Aparece nas coleções:PPGCO - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12730_Dissertação Cassiana augusta da Silva.pdf2.79 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.