Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11077
Título: O comportamento de uso de internet e sua relação com estilos de autoconsciência em universitários : contribuições da meditação mindfulness e da gestalt-terapia
Autor(es): Nunes, Andrea Loss
Orientador: Souza, Mariane Lima de
Coorientador: Guerra, Valeschka Martins
Data do documento: 26-Fev-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Estudos recentes sobre o uso de internet vêm apontando, ao lado dos aspectos positivos, aspectos negativos que estão relacionados a transtornos psicológicos graves. Considerando o impacto das tecnologias de informação sobre o comportamento humano, é razoável supor que diferenças individuais no estilo de autoconsciência e na capacidade de autorregulação sejam fatores importantes para mediar uma relação mais ou menos saudável entre o ser humano e as tecnologias de informação, como o uso de internet. Diante disso, o objetivo geral desta pesquisa é verificar a associação entre o uso de internet e estilos de autoconsciência e desenvolver a adaptação de um programa baseado em meditação mindfulness para universitários que fazem uso moderado de internet. Para tanto, se propôs a realização de três estudos sequenciais, que são apresentados no formato de três artigos. O Artigo I, denominado Associação entre autoconsciência ruminativa e uso de internet em universitários, teve o objetivo de verificar a correlação entre o nível de uso de internet e estilos de autoconsciência ruminativa e reflexiva, por meio de pesquisa quantitativa com a participação de 450 adultos jovens universitários, de 18 a 25 anos de idade. Os resultados indicaram uma correlação significativa positiva entre o nível de uso de internet e a autoconsciência ruminativa. O Artigo II, denominado Meditação mindfulness e uso de internet na percepção de jovens universitários, teve o objetivo geral de descrever a percepção de jovens universitários que fazem uso moderado de internet, sobre sua participação em um programa com base na técnica de meditação mindfulness. Trata-se de estudo qualitativo, seguindo os critérios de análise da fenomenologia-semiótica. Os participantes foram estudantes universitários (N=3), de ambos os sexos, selecionados por conveniência, com idade cronológica de 18 a 25 anos, que participaram de um programa baseado em meditação mindfulness. Os resultados sugeriram a aceitação dos aspectos negativos e positivos de si como eixo estruturante para o uso controlado de internet. Por fim, o Artigo III, intitulado Meditação mindfulness e Gestalt-terapia: um encontro possível para a saúde humana, objetivou identificar possibilidades de interlocução teórico-práticos entre a técnica Meditação Mindfulness e a abordagem psicológica Gestalt-terapia. Buscou-se identificar, comparar e contrastar os termos que lhes são comuns e conceitos encontrados em seus respectivos arcabouços teórico-práticos. Apesar desses conceitos terem seus significados constituídos em suas diferentes teorias, foi possível identificar uma interlocução a partir do delineamento de três eixos integrativos: (1) autoconsciência integradora, (2) autoconsciência funcional e (3) autorregulação espontânea. As considerações finais da tese sugerem que o uso descontrolado de internet poderá ser evitado ou tratado, à medida que houver um olhar globalizante sobre o ser humano. Essa perspectiva corrobora a proposta da Meditação mindfulness e a proposta da psicologia clínica Gestalt-terapia, pois ambas apontam o olhar sistêmico como caminho crucial para o desenvolvimento humano em todos os seus aspectos.
Recent studies on the use of the internet have been pointing, alongside the positive aspects, negative aspects that are related to serious psychological disorders. Considering the impact of information technologies on human behavior, it is reasonable to assume that individual differences in the style of self-awareness and self-regulation capacity are important factors in mediating a more or less healthy relationship between the human being and information technologies, such as internet use Therefore, the general objective of this research is to verify the association between internet use and self-awareness styles and to develop the adaptation of a mindfulness-based meditation program for university students who make moderate use of the internet. Therefore, three sequential studies were proposed, which are presented in three articles format. Article I, entitled "Association between self-awareness and use of the internet in university students", aimed to verify the correlation between the level of internet use and styles of self-awareness of ruminative and reflexive, through a quantitative research with the participation of 450 adult college students, 18 to 25 years of age. The results indicated a significant positive correlation between the level of internet use and self-awareness of rumination. Article II, entitled "Mindfulness Meditation and Internet Use in the Perception of College Students", had the general objective of describing the perception of university students who make moderate use of the internet, about their participation in a program based on the mindfulness meditation technique . It is a qualitative study, following the criteria of analysis of phenomenology-semiotics. Participants were university students (N = 3) of both sexes, selected for convenience, chronological age of 18 to 25 years, who participated in a program based on mindfulness meditation. The results suggested the acceptance of the negative and positive aspects of self as a structuring axis for the controlled use of the internet. Finally, Article III, titled "Meditation mindfulness and Gestalt therapy: a possible encounter for human health", aimed to identify possibilities of theoreticalpractical interlocution between the Mindfulness Meditation technique and the Gestalt-therapy psychological approach. It was sought to identify, compare and contrast the terms that are common to them and concepts found in their respective theoretical-practical frameworks. Although these concepts have their meanings constituted in their different theories, it was possible to identify an interlocution from the design of three integrative axes: (1) integrative self-consciousness, (2) functional self-consciousness and (3) spontaneous self-regulation. The final considerations of the thesis suggest that the uncontrolled use of the internet can be avoided or treated, as there is a globalizing view about the human being. This perspective corroborates the proposal of Mindfulness Meditation and the proposal of Gestalt-therapy clinical psychology, since both point the systemic view as a crucial path for human development in all its aspects.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11077
Aparece nas coleções:PPGP - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10284_TESE PPGP ANDREA LOSS NUNES FEVEREIRO 2019.pdf2.32 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.