Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11260
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorAlencar, Heloisa Moulin de-
dc.date.accessioned2019-06-19T02:11:13Z-
dc.date.available2019-06-18-
dc.date.available2019-06-19T02:11:13Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/11260-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleEducação em valores morais no ensino fundamental : levantamento de experiências e intervenção com educadorespor
dc.typedoctoralThesiseng
dc.subject.udc159.9-
dc.subject.br-rjbnPsicologiapor
dc.subject.br-rjbnEducação moralpor
dc.subject.br-rjbnEnsino fundamentalpor
dc.subject.br-rjbnProfessores de ensino fundamentalpor
dc.subject.br-rjbnProfessores - Formaçãopor
dcterms.abstractNeste estudo, dedicamo-nos ao tema da educação em valores morais, isto é, as práticas que visam constituir indivíduos autônomos, sob a perspectiva de autores construtivistas. O objetivo geral de nossa pesquisa foi caracterizar as práticas de educação em valores morais que são desenvolvidas nas escolas municipais de ensino, bem como conhecer as concepções de educadores a respeito da aludida educação, de modo a verificar as necessidades de formação do público em pauta nesse domínio e proporcionar a eles momentos de reflexão, aquisição de competências e conhecimentos necessários à condução das referidas práticas. Para tanto, desenvolvemos três estudos. No estudo 1, realizamos um levantamento de experiências de educação em valores morais por meio de aplicação de questionário, on-line e via correio, a profissionais da educação do Espírito Santo (ES). Por sua vez, no estudo 2 realizamos entrevistas individuais semiestruturadas com 14 educadores de uma escola pública municipal de ensino fundamental de Vitória, ES, buscando verificar suas concepções e juízos sobre a educação em valores morais. Finalmente, no estudo 3 desenvolvemos uma intervenção com profissionais da educação visando proporcionar momentos de reflexão e aprendizagem sobre tal educação. A intervenção foi desenvolvida na mesma escola do Estudo 2 e contou com a participação de 14 educadores. Entre os resultados do estudo 1, é importante citar os seguintes: obtivemos 46 relatos de experiências, o que nos leva a inferir que poucas são as escolas municipais de ensino fundamental do ES que desenvolvem trabalhos de formação moral dos educandos. Entre os relatos obtidos, poucos tratam de projetos estruturados. Em relação às concepções dos profissionais sobre valor moral, valor ético e educação em valores morais (estudo 2), verificamos conteúdos que se aproximam das posições relativistas. Grande parte dos profissionais afirmou que a família é a principal responsável pela formação moral das crianças e dos jovens. Na escola em que trabalhavam, não havia projeto específico de educação em valores morais. A maioria dos participantes declarou não se sentir seguro ou apto para conduzir práticas com o foco em questão. Quanto ao estudo 3, ressaltamos o baixo envolvimento dos profissionais na leitura do material adotado e a dispersão durante a intervenção. Apesar disso, os participantes adquiriram maior compreensão sobre o papel da escola na formação moral dos alunos, sobre a elaboração de projetos de educação em valores morais, entre outros aspectos. Ademais, a maior parte dos educadores mencionou que após a intervenção passou a se sentir seguro para trabalhar com a formação moral no contexto escolar. Avaliamos que a ampliação da quantidade e da qualidade das experiências de educação em valores morais no contexto escolar pressupõem oportunizar aos educadores formação que contemple a reflexão sobre suas concepções e práticas e a aquisição de conhecimentos teóricos e metodológicos da área.por
dcterms.abstractIn this study, we dedicated ourselves to the theme of education in moral values, that is, practices that aim to constitute autonomous individuals, from the perspective of constructivist authors. The general objective of our research was to characterize education practices in moral values developed in municipal elementary schools, as well as to get to know the conceptions of educators regarding the aforementioned education, in order to verify the educational needs of the public at hand in this field and to provide them with moments of reflection and acquisition of knowledge and skills that are necessary to carry these practices out. Therefore, we developed three studies. In study 1, we applied mail and internet survey on educational experiences in moral values through a questionnaire sent to education professionals in Espírito Santo (ES). In the second study, we conducted semi-structured individual interviews with 14 educators from a municipal public primary school in Vitória, ES, seeking to verify their conceptions and judgments about education in moral values. Finally, in study 3 we developed an intervention with education professionals aiming to provide moments of reflection and learning about such education. The intervention was carried out in the same school of Study 2 and had the participation of 14 educators. Among the results of study 1, it is important to mention the following: we obtained 46 reports of experiences, from which we infer that there are few municipal elementary schools in the ES that work on the moral education of learners. Among the reports obtained, few deal with structured projects. Regarding the conceptions of professionals about moral value, ethical value and education in moral values (study 2), we found content that draws near relativistic positions. Most of the professionals said that the family is mainly responsible for the moral education of children and young people. In the schools where they worked, there was no specific project of education in moral values. Most participants stated that they did not feel safe or able to carry out practices with the issue on focus. Regarding study 3, we highlight the low involvement of professionals in reading the chosen material and the distraction during intervention. Nevertheless, participants gained a greater understanding of the school's role in the moral education of students and in the elaboration of education projects in moral values, among other aspects. Furthermore, most of the teachers mentioned that after the intervention they began to feel assured to work with moral education in the school context. We believe that expanding the quantity and quality of educational experiences in moral values in the school context presupposes that educators receive training that comprises reflection on their conceptions and practices and acquisition of theoretical and methodological knowledge on the field.eng
dcterms.creatorCouto, Leandra Lúcia Moraes-
dcterms.formattexteng
dcterms.issued2019-03-25-
dcterms.languageporpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Psicologiapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqPsicologiapor
dc.publisher.courseDoutorado em Psicologiapor
dc.contributor.refereeNascimento, Célia Regina Rangel-
dc.contributor.refereeHerkenhoff, Luciana Souza Borges-
dc.contributor.refereeQueiroz, Sávio Silveira de-
dc.contributor.refereeVictor, Sonia Lopes-
Aparece nas coleções:PPGP - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10246_Tese Leandra L M Couto - versão final.pdf
  Restricted Access
3.15 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.