Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3243
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorAlmeida, Júlia Maria Costa de-
dc.date.accessioned2016-08-29T14:11:23Z-
dc.date.available2016-07-11-
dc.date.available2016-08-29T14:11:23Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/3243-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleMandrake e o hard-boiled : questões de masculinidade(s) entre Rubem Fonseca e a literatura policial norte-americanapor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc82-
dc.subject.br-rjbnFonseca, Rubem, 1925--
dc.subject.br-rjbnHammett, Dashiell, 1894-1961-
dc.subject.br-rjbnChandler, Raymond, 1888-1959-
dc.subject.br-rjbnThompson, Jim, 1906-1977-
dc.subject.br-rjbnMasculinidadepor
dc.subject.br-rjbnFicçãopor
dcterms.abstractTendo em vista a importante contribuição dos estudos culturais e literários para o aprofundamento do debate sobre as narrativas policiais norte-americanas, este estudo pretende levantar singularidades, rupturas e questões de masculinidade(s) associadas à literatura hardboiled, de modo a fundamentar uma investigação de sua reverberação na obra de Rubem Fonseca. Para tal fim, parte-se, principalmente, dos estudos de masculinidade hegemônica empreendidos por R.W. Connell e seus comentadores, e da análise de três dos maiores expoentes fundadores do gênero, Dashiell Hammett, Raymond Chandler e Jim Thompson. Considerando essa fundação da literatura policial norte-americana, serão então analisadas quatro obras protagonizadas pelo personagem Mandrake, ―O Caso F.A‖, ―Dia dos Namorados‖, ―Mandrake‖ e o romance A Grande Arte. Pretende-se, assim, observar como o autor se vale dessa tradição da literatura policial, e de suas implicações com questões de masculinidade(s), para criar uma obra de tamanha potência crítica, estilística e política.por
dcterms.abstractTaking into consideration the important contribution of literary and cultural studies to the deepening of debate about North-American detective narratives, this study intends to assemble singularities, disconnections and contemporary masculinity issues associated with hard-boiled literature, aiming to substantiate an investigation of its influence in Rubem Fonseca‘s work. In order to do so, we take as a starting point the studies of hegemonic masculinities, by R.W. Connell and her commentators, and the analysis of three of the genre‘s founding fathers, Dashiell Hammett, Raymond Chandler and Jim Thompson. Considering the foundation of North-American detective novel, four works which has Mandrake as its main character will be analyzed : ―O Caso F.A‖, ―Dia dos Namorados‖, ―Mandrake‖ and the novel A Grande Arte. Seeking to observe how the author utilizes the hard-boiled tradition and its implications in masculinities issues in order to create a work of enormous critical, stylistic and political potency.eng
dcterms.creatorParadizzo, Felipe Vieira-
dcterms.formatTexteng
dcterms.issued2011-03-28-
dcterms.languageporpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Letraspor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqLetraspor
dc.publisher.courseMestrado em Letraspor
dc.contributor.refereeSalgueiro, Wilberth Claython Ferreira-
dc.contributor.refereeAlbuquerque Júnior, Durval Muniz de-
Aparece nas coleções:PPGL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4660_Felipe Paradizzo.pdf1.25 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.