Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3405
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorFranco, Sebastião Pimentel-
dc.date.accessioned2016-08-29T14:11:55Z-
dc.date.available2016-07-11-
dc.date.available2016-08-29T14:11:55Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/3405-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectHistória da educaçãopor
dc.subjectFormação profissionalpor
dc.subjectHistory of the educationeng
dc.subjectReformation of educationeng
dc.subjectEducation technicianeng
dc.subjectProfessional formationeng
dc.titleA implementação da Reforma Educacional (Lei nº 5.692/71) no Estado do Espírito Santo : relações de poder e mercado de trabalho (1971-1978)por
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc93/99-
dc.subject.br-rjbnEducaçãopor
dc.subject.br-rjbnEnsino técnicopor
dc.subject.br-rjbnReforma do ensinopor
dcterms.abstractA utilização da educação como fonte legitimadora de um projeto de poder, sempre foi uma tônica na realidade brasileira. Este trabalho investiga as questões que compõem essa íntima relação e procura desvelar os efeitos da implementação da Lei n. ° 5.692/71, que instituiu, mediante a reforma do ensino de 1.° e 2.° Graus, o ensino profissionalizante no Brasil a partir de 1971. Utiliza entrevistas e investiga a documentação da época, tomando como campo de estudo o Colégio Estadual do Espírito Santo. Aponta as circunstâncias em razão das quais a reforma não se operacionalizou, mostrando-se um modelo fracassado e inoperante.por
dcterms.abstractThe use of the education as source legislator of a project of power always was a tonic in the Brazilian reality. This work investigates the questions that compose this close relation and look for to disclose the effect of the implementation of Law N. ° 5,692/71, that it instituted, by means of the reform of the education of 1.° and 2.° Degrees, the professionalizing education in Brazil from 1971. It uses interviews and it investigates the documentation of the time, taking as study field the State College of the Espirito Santo. It points the circumstances in reason of which the reform was not operated, revealing a failed and inoperative model.eng
dcterms.creatorCabral, Jefferson Alves-
dcterms.formattexteng
dcterms.issued2006-09-15-
eperson.languageporeng
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Históriapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqHistóriapor
dc.publisher.courseMestrado em Históriapor
dc.contributor.refereeAlmeida, Manoel Ceciliano Salles de-
dc.contributor.refereeRodrigues, Márcia Barros-
dc.contributor.refereeSimões, Regina Helena Silva-
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3406_Jefferson_Alves_Cabral.pdf591.84 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.