Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3450
Título: Violência doméstica : a realidade das mulheres que denunciam : Vitória (ES) 2004
Autor(es): Vitória, Mariza Barros Ribeiro da
Orientador: Nader, Maria Beatriz
Palavras-chave: Enfrentamento
Woman
Violence
Police station
Data do documento: 30-Ago-2010
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Este trabalho objetiva evidenciar as mudanças ou permanências na vida das mulheres que procuraram a Delegacia Especializada em atendimento à Mulher (DEAM) na cidade de Vitória, capital do estado do Espírito Santo, no ano de 2004, para registrar que foram vítimas de violência no espaço doméstico e que mantinham um relacionamento afetivo com o agressor em uma relação do tipo conjugal. Por meio da utilização de entrevistas com as denunciantes a pesquisa buscou analisar e compreender as histórias e as trajetórias de vida das vítimas após a denúncia e, com isso, lembrar o papel das políticas públicas no processo de enfretamento da violência contra a mulher. A conclusão deste trabalho remete a percepção de que, embora não estivessem imbuídas de um sentimento marcadamente influenciado pelo movimento feminista ou por outra corrente político-ideológica, as mulheres estudadas encontraram alternativas próprias para enfrentar suas realidades. Algumas conseguiram modificar suas vidas, outras foram obrigadas a aceitar as permanências do quadro de opressão, pois sobreviver em algumas ocasiões significa lutar com armas que se dispõem.
This objective work to evidence the changes or stays in the life of the women who had looked the Police station Specialized in Attendance to the Woman in the city of capital Victory of the state of the Espirito Santo in the year of 2004 to register that they had been victims of violence in the domestic space and that they kept an affective relationship with the aggressor in married life’s relation. By means of the use of interviews with the denouncers the research searched to analyze and to after understand histories and the trajectories of life of the victims the denunciation and, with this, to remember the paper of the public politics in the process of confronting of the violence against the woman . The conclusion of this work sends the perception of that even so they were not imbued of a feeling to get influenced by the movement feminist or another politician-ideological chain, the studied women had found alternatives proper to face its realities. Some had obtained to modify its lives others had been obliged to accept the staying of the oppression picture, therefore to survive in some occasions means to fight with weapons that if making use.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3450
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4145_Mariza_Barros_Ribeiro_da_Vitória.pdf842.34 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.