Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3495
Título: Momento federalista: projetos políticos no alvorecer do Império brasileiro
Autor(es): Oliveira, Leonardo Grão Velloso Damato
Orientador: Soubbotnik, Michel Alain
Coorientador: Campos, Adriana Pereira
Data do documento: 21-Jun-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: OLIVEIRA, Leonardo Grão Velloso Damato. Momento federalista: projetos políticos no alvorecer do Império brasileiro. 2013. 236 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências Humanas e Naturais, Vitória, 2013.
Resumo: Nove anos após a Independência de Portugal, o Império do Brasil passou por nove anos sem que um monarca estivesse à frente do poder. Situado entre os anos de 1831, após a abdicação de D. Pedro I do trono, e a maioridade de D. Pedro II em 1840, o período desses anos foi chamado de Regência, momento em que o monarca não poderia assumir o governo por sua idade e que a sociedade brasileira tomava as rédeas do governo. O presente estudo investiga os ideias que alicerçaram os projetos políticos defendidos por Diogo Antonio Feijó e Evaristo Ferreira da Veiga, duas importantes figuras para a constituição do Estado imperial no Brasil. No intuito de compreender a multiplicidade dos discursos conflitantes da época que se convencionou, na historiografia, como experiência republicana, buscou-se traçar um núcleo ideológico das propostas federalistas, a partir da pesquisa com fontes produzidas no contexto após a Independência americana. A obra de James Madison, Alexander Hamilton e John Jay foi estudada para compreender os limites do contexto intelectual federalista, estabelecidos na relação entre as possibilidades de constituição do Estado e o que elegiam, no campo discursivo, como opostos ao projeto político que eles defendiam. Iniciando a pesquisa da ideia federalista no Império com a Assembleia Constituinte em 1823, o estudo tentou estabelecer quais os possíveis contextos e sentidos que conflitaram, engendrando um momento no qual o federalismo se constituiu como opção política. Para além de ter sido considerado uma opção, o contexto linguístico federalista gerou necessidades de resposta e diferentes possibilidades de criação de sentidos, cada qual se adequando ao projeto político defendido pelos atores. Terminou-se por tentar estabelecer uma possibilidade de interpretação dos escritos de Feijó e de Evaristo, considerando as possibilidades de similitude entre os ideais que balizaram seus projetos de formação política para o Império e aqueles que, quase meio século antes, os federalistas norte-americanos advogaram.
Nine years after obtaining independence from Portugal, the Empire of Brazil spent another nine without a monarch withholding the power. Situated historically between the years of 1831, after D. Pedro I abandoning the throne, and the adulthood of D. Pedro II by 1840, the time of these nine years was called Regency, a moment when the monarch could not obtain the power because of his premature age and when Brazilian society became responsible for their government. This study investigates the ideals that embedded the political projects of Diogo Antonio Feijó and Evaristo Ferreira da Veiga, two important historical characters in the consolidation of the Imperial Estate of Brazil. Aiming to comprehend the multiple forms of conflicting political discourse in that epoch which historians refer to as republican experience, this study attempted to settle a ideological core of the federalists ideals, starting with ideas produced within the American Revolution context. The works of James Madison, Alexander Hamilton and John Jay were studied in order to understand the possible limits of federalist intellectual context, established from the relationship between the variety of possibilities of constituting an Estate and what they elected, within the discourse, as their opponents. Starting the analysis with the Brazilian’s Empire Constituent Assembly in 1823, this research attempted as well to establish a new interpreting possibility of Feijó’s and Evaristo’s political writings, considering possible resemblances among their core ideals and that which the American federalists defended so eagerly.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3495
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Diss. Leonardo Grão Velloso Damato Oliveira. Momento Federalista.pdf1.22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.