Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3534
Título: Fotografia e história: uma análise da interventoria de João Punaro Bley no Espírito Santo através das imagens publicadas na Revista Vida Capichaba nos anos 1930, 1935, 1937 e 1942
Autor(es): Guerra, Marcela Camporez
Orientador: Ribeiro, Luiz Cláudio Moisés
Coorientador: Alves, Gabriela Santos
Palavras-chave: Photography
Legitimization
Intervenor
legitimação
Interventor
Vida Capichaba
Data do documento: 25-Mai-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Ao colocar novos personagens dentro da estrutura política da década de 1930, Getúlio Vargas tenta defender seus interesses autoritários e controlar os estados brasileiros. Entre essas novas figuras, os interventores, destacamos o Capitão João Punaro Bley: um outsider que chega ao Espírito Santo em um período de transformações, sem nenhum reconhecimento da população que estaria à frente, e ainda assim, consegue manter-se no poder local por mais de doze anos. Através de fotografias veiculadas na revista ilustrada Vida Capichaba durante quatro anos marcantes de seu governo (1930, 1935, 1937 e 1942), espera-se encontrar rastros de como essas imagens podem ser consideradas ferramentas de controle político utilizadas por Bley para disseminar sua imagem, e conquistar o apoio da sociedade espírito-santense. Serão analisadas as relações entre fotografia e história, além de um panorama geral do contexto da época, e da revista Vida Capichaba como veículo de destaque dentro da sociedade em se encontrava.
By placing new characters into the 1930’s political structure, Getúlio Vargas tries to defend his interests and control the brasilian states. Among these new figures, the stakeholders highlight Captain João Punaro Bley: an outsider who comes to Espírito Santo in a period of transition, with no recognition of the population that he would be lidering, and yet manages to remain in local government by over twelve years. Through photographs conveyed in the illustrated magazine Vida Capichaba into four years that we thing are important in his government (1930, 1935, 1937 and 1942), is expected to find traces of how these images can be considered political control tools used by Bley to spread your image, and win the support of spirit-Santo's society. The relationship between photography and history will be reviewed, such as an overview of the context of the time, and a look at the magazine Vida Capichaba as a leading vehicle within the society was.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3534
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_7640_Dissertação Marcela Camporez.pdf10.13 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.