Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5793
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSilva, Gilson Fernandes da-
dc.date.accessioned2016-12-23T13:51:49Z-
dc.date.available2011-10-13-
dc.date.available2016-12-23T13:51:49Z-
dc.identifier.citationHOFFMANN, Raphael Gomes. Caracterização dendrométrica e avaliação do rendimento em laminação de madeira em plantios de paricá (Schizolobium amazonicum Huber ex. Ducke) na região de Paragominas, PA. 2009. 84 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) — Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências Agrárias, Jerônimo Monteiro, 2009.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/5793-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.rightsopen accessen
dc.titleCaracterização dendrométrica e avaliação do rendimento em laminação de madeira em plantios de paricá (Schizolobium amazonicum Huber ex. Ducke) na região de Paragominas, PApor
dc.title.alternativeWood dendrometric characteristics and evaluation of wood venner performance in plantations of paricá (Schizolobium amazonicum Huber ex. Ducke) in Paragominas region, PAen
dc.typemasterThesisen
dc.subject.udc630-
dc.subject.br-rjbnManejo florestalpor
dc.subject.br-rjbnDendrometriapor
dc.subject.br-rjbnLâminas de Madeirapor
dc.subject.br-rjbnPondamento florestal - Rendimentopor
dcterms.abstractO objetivo deste estudo foi caracterizar a madeira de paricá (Schizolobium amazonicum Huber ex. Ducke) quanto aos seus aspectos dendrométricos, e avaliar o rendimento em laminação de madeira nas idades de cinco, seis e sete anos. O estudo foi conduzido em plantios comerciais localizados no município de Paragominas, PA. Para isso, 180 árvores-amostra em espaçamento 4 x 4 m foram derrubadas e cubadas rigorosamente. Num segundo momento as toras foram divididas em toretes e os toretes foram laminados. Dessa forma foi possível visualizar as perdas no processo, verificar o rendimento médio em laminação de madeira para a espécie e avaliar possíveis influências das variáveis idade e classe de diâmetro. Em relação aos aspectos dendrométricos, foram abordadas as variáveis diâmetro, altura e fator de forma, para verificar se o crescimento da espécie pode se comparar a de outras, como no caso do eucalipto. Também foram testados modelos de volume total para estimar tanto o volume das árvores quanto o volume das lâminas de paricá. Além disso, foram testados modelos hipsométricos para estimar a altura total das árvores da espécie. Em relação às características dendrométricas, os resultados obtidos, nesta situação, mostraram que o paricá tem potencial para ser utilizado comercialmente na região estudada. A espécie teve um bom crescimento tanto em diâmetro quanto em altura, apresentando fator de forma médio superior a de espécies tradicionais como no caso do eucalipto. Quanto às equações de volume total, no geral, o modelo V=β_0 D^(β_1 ) H^(β_2 ) ε mostrou-se mais preciso tanto para estimar o volume das árvores quanto para estimar o volume das lâminas. Para os modelos hipsométricos, foi observado que em cada idade houve um modelo que fosse mais preciso para estimar a altura total das árvores de paricá. Para as idades de cinco, seis e sete anos foram respectivamente: H=e^((β_0+β_1⁄D) ) ε, H=e^((β_0+β_1⁄D^2 ) ) e H-1,3=D^2/(β_0+β_1⁄D 〖+β〗_2⁄D^2 +β_3⁄I)+ε. Quanto ao rendimento em laminação, o paricá apresentou uma média de 50,31%, compatível com espécies de outros gêneros, obtendo menores perdas para árvores com maiores diâmetros. Em relação à idade, o paricá apresentou rendimentos em laminação superiores para as maiores idades provavelmente pelo fato das árvores apresentarem maiores diâmetros. Quanto à comparação estatística dos rendimentos na laminação de madeira de paricá, verificou-se que somente entre as idades de 5 e 7 anos houve diferença estatística pelo teste t . Verificou-se também uma influência do diâmetro no rendimento da laminação, sendo que o aumento de diâmetro promoveu o aumento de rendimento. Em relação aos modelos de volume avaliados para estimar a produção de lâminas, estes tiveram desempenhos semelhantes nas diferentes idades em termos de precisão, com ligeira vantagem para o modelo de Schumacher e Hall.por
dcterms.creatorHoffmann, Raphael Gomes-
dcterms.formatTexten
dcterms.issued2009-09-18-
dcterms.languageporen
dcterms.subjectParicá-
dcterms.subjectAspectos dendométricospor
dcterms.subjectRendimentopor
dcterms.subjectDendrometic aspectsen
dcterms.subjectYielden
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências Florestaispor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqRecursos Florestais e Engenharia Florestalpor
dc.publisher.courseMestrado em Ciências Florestaispor
dc.contributor.refereeFerreira, Rinaldo Luiz Caraciolo-
dc.contributor.refereeChichorro, José Franklim-
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
RaphaelGomesHoffmann-2009-trabalho.pdf2.36 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.