Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6447
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorMoraes, Alexandre Jairo Marinho-
dc.date.accessioned2016-12-23T14:34:14Z-
dc.date.available2011-09-23-
dc.date.available2016-12-23T14:34:14Z-
dc.identifier.citationROZÁRIO, Jefferson Diório do. Leituras da orfandade: família, declínio do pai e ausência de lei: uma abordagem do universo ficcional de Rubem Fonseca. 2009. 125 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2009.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/6447-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.rightsopen accesseng
dc.titleLeituras da orfandade : família, declínio do pai e ausência de lei : uma abordagem do universo ficcional de Rubem Fonsecapor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc82-
dc.subject.br-rjbnFonseca, Rubem, 1925- Crítica e interpretaçãopor
dc.subject.br-rjbnLiteratura e sociedadepor
dc.subject.br-rjbnLiteratura brasileira - Aspectos sociaispor
dc.subject.br-rjbnFamíliapor
dc.subject.br-rjbnPsicanálise e literaturapor
dcterms.abstractObservamos na contemporaneidade que a família assume formas diferentes às que possuía quando foi formulada, no século XVIII. Caracterizada por inúmeras transformações, já não possui uma estrutura tão fixa. A partir das narrativas de Henri, A força humana, Feliz ano novo e O cobrador, de Rubem Fonseca; não deixando de visitar outros trabalhos do escritor, discutiremos e examinaremos as configurações da família contemporânea. Neste sentido, analisaremos as representações da relação do sujeito com as novas estruturas familiares, o declínio da imago paterna e as consequências que essas transformações trazem à subjetividade, bem como as formas pelas quais tais relações são encenadas literariamente pelo escritor brasileiro.por
dcterms.abstractIn the present time it is observed that the family assumes forms different from those it had when formulated as a system in the century XVIII. Characterized by innumerable changes, family does not possess a fixed structure in present days. Specially we study the narratives of Henri, A força humana, Feliz ano novo and O cobrador, of Rubem Fonseca, although visiting other works of the writher, we will argue and examine the configurations of the present family. In this direction, we analyze the representations of the citizen relation with the new familiar structures, the decline of paternal imago and the consequences that these transformations bring to the subjectivity, as well as the forms by which such relations are staged literarily by the brazilian writer.eng
dcterms.creatorRozário, Jefferson Diório do-
dcterms.formattexteng
dcterms.issued2009-10-30-
dcterms.languageporeng
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Letraspor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqLetraspor
dc.publisher.courseMestrado em Letraspor
dc.contributor.refereeSoubbotnik, Olga Maria Machado Carlos de Souza-
dc.contributor.refereeMiranda, Ana Augusta Wanderley Rodrigues de-
Aparece nas coleções:PPGL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Jefferson Diorio do Rozario.pdf517.52 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.