Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6944
Título: Efeito de ambientes contrastantes na produção florestal e nas propriedades da madeira de clones de Eucalyptus
Autor(es): Rodrigues, Brunela Pollastrelli
Orientador: Oliveira, José Tarcísio da Silva
Coorientador: Vidaurre, Graziela Baptista
Data do documento: 30-Ago-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O gênero Eucalyptus possui diversas espécies conhecidas por sua plasticidade, espécies que se adaptam a diversas condições edafoclimáticas. No entanto, tal fato não garante que tais espécies plantadas em condições distintas possuirão as mesmas propriedades anatômicas, físicas, químicas e, consequentemente, produzir madeira em quantidade e com qualidade desejada para um fim específico. As alterações que ocorrem na formação do lenho, provocadas por condições adversas de crescimento geram dificuldade na previsão do comportamento produtivo e tecnológico da madeira. Apesar de existirem muitas pesquisas relacionadas às propriedades da madeira de eucalipto, pouco se conhece a respeito da influência de ambientes de crescimento contrastantes na formação e nas propriedades da madeira de clones de eucalipto. Diante desse problema, o objetivo geral deste estudo foi avaliar o efeito de ambientes contrastantes de crescimento na produtividade e propriedades da madeira de clones de eucalipto. Para o estudo foram selecionados 20 clones em dois locais de crescimento. Em Montezuma, localizada ao norte do estado de Minas Gerais (938 m de altitude e 570 mm de precipitação) e em Nova Almeida, localizada na região litorânea do estado do Espírito Santo (90 m de altitude e precipitação média de 1267 mm). Foram amostradas cinco árvores de cada clone, em cada local de estudo, totalizando 200 árvores. De cada indivíduo foram tomadas medidas de altura e diâmetros para cálculo do Incremento Médio Anual (IMA) e coletou-se três discos na altura do DAP (1,3 m do solo) para os estudos de propriedades da madeira, em que foi quantificada a densidade básica, as características anatômicas da madeira e as propriedades química da madeira. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado (DIC) com cinco repetições. Foi realizado o teste t Student para verificar a diferença entre as médias das variáveis analisadas entre os dois locais estudados. Para verificar o efeito da interação clone x local nas variáveis, realizou-se a ANOVA usando o teste F (p ≤ 0,05). Para as variáveis em que a interação foi verificada, procedeu-se a análise de estabilidade e adaptabilidade dos clones utilizando o software Selegen. Houve interação significativa genótipos x ambientes a 5% de significância para todas as variáveis do estudo. A madeira produzida em Nova Almeida – ES, local de maior precipitação e menor amplitude térmica apresentou a maior produção em madeira e propriedades anatômicas e químicas mais desejáveis para a produção de polpa celulósica. A madeira produzida em Montezuma – MG, ambiente com maiores amplitude térmica anual e déficit hídrico, teve maiores valores para densidade básica, extrativos totais, lignina total, diâmetros de vasos, frequência de vasos e espessura de parede de fibras. A respeito das análises de estabilidade e adaptabilidade é possível selecionar alguns clones com adaptabilidade e estabilidade simultaneamente nos dois locais estudados, indicando que a possível seleção de clones estáveis. Este estudo permitiu um melhor entendimento a respeito da produção e propriedades da madeira em resposta a locais de crescimento contrastantes, auxiliando no direcionamento e na seleção de grupos de clones melhor adaptados e com maior plasticidade para diferentes condições ambientais.
The genus Eucalyptus has different species known by its plasticity, species that can adapt to diverse edaphoclimatic conditions. Nevertheless, this fact does not guarantee that species planted with the different condition will present the same anatomical, physical and chemical proprieties and thereafter it will produce wood on an equal amount and desired quality to a specific purpose. The changes that occurred during the wood formation, caused by adverse growth condition creates a huge difficult to predict the productive behavior and technological of the wood. Despite the many research with the eucalyptus’ wood proprieties, a little is known about the influence of contrasting growth environments on the formation and properties of wood from Eucalyptus clones. Based on this, this study aimed to evaluate the effect of contrasting environments on the productivity and proprieties of eucalyptus wood clones. The trees used in this study were collected at Montezuma, a city located in the north of Minas Gerais State (938m altitude and 570mm rainfall) and in Nova Almeida, Serra, located on the coast of the Espirito Santo State (90m altitude and 1267mm as average rainfall). Five trees from each clone were sampled at each study site, totaling 200 trees 100 of each locality). From them was obtained the following measures: diameter, Diameter at Breast Height – DBH (1,30m from the soil), height and volume, the Mean Annual Increment – MAI was calculated and was the bark percentage. From each tree, were collected three discs at the DAP height to the propriety studies. The basic density, wood anatomy and the wood chemistry.The experiment was conducted in a completely randomized design (CRD). A T- Student test was performed to verify the difference of the variables means values between the two studied localities. To verify the existence of an interaction event between the clones and local on the studied variables, an ANOVA was performed using the F Test (p ≤ 0,05). To the variables that were verified the interaction, the stability and adaptability of clones were performed using the Selegen software. There was significant interaction between genotypes and environments at 5% significance for all study variables.There was a significant interaction between genotypes and environments at 5% significance for all variables of this study. The wood produced in Nova Almeida - ES, the place with the highest rainfall and the lowest thermal amplitude, presented the highest production in wood and the most desirable anatomical and chemical properties for the production of cellulosic pulp. The wood produced in Montezuma – MG, site with higher temperature range and annual water deficit, showed higher values for density, extractives, lignin, vessel diameter, vessel frequency and thickness of fiber wall. About the stability and adaptability analysis, it was possible to select some clones with adaptability and stability simultaneously in the two studied sites, indicating that the possible selection of stable clones.This study allowed a better understanding of the production and properties of wood in response to contrasting growth sites, assisting in the targeting and selection of groups of clones better adapted and with greater plasticity for different environmental conditions.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6944
Aparece nas coleções:PPGCF - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Tese Final Brunela 2017.pdf1.77 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.