Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7647
Título: Crescimento de plathymenia reticulata BENTH. : sob diferentes doses de nitrogênio, fósforo e potássio em condições de campo
Autor(es): Carreço, Ray Luiz Babilon
Orientador: Caldeira, Marcos Vinicius Winckler
Coorientador: Gonçalves, Elzimar de Oliveira
Data do documento: 14-Fev-2017
Citação: CARREÇO, Ray Luiz Babilon. Crescimento de plathymenia reticulata BENTH.: sob diferentes doses de nitrogênio, fósforo e potássio em condições de campo. 2017. 71 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais, Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias, Jerônimo Monteiro, 2017.
Resumo: O efeito da fertilização no crescimento em campo de espécies florestais nativas é de fundamental importância, já que são escassas informações sobre a demanda nutricional para melhor desempenho dessas espécies. Objetivou-se, avaliar o efeito da fertilização, com aplicação de diferentes doses de nitrogênio (N), fósforo (P) e potássio (K), na mortalidade, crescimento (altura e DAP), fertilidade do solo, serapilheira acumulada e conteúdo de nutrientes, e no estado nutricional das árvores de P. reticulata, três anos após o plantio, em Sooretama-ES. O delineamento experimental foi constituído por três blocos e 11 tratamentos (T1 = sem fertilização; T2 = 20 g cova-1 de N, 27 g cova-1 de P2O5, 20 g cova-1 de K2O; T3 = T2 + 20 g cova-1 de N; T4 = T2 + 40 g cova-1 de N; T5 = T2 + 60 g cova-1 de N; T6 = T2 + 20 g cova-1 de P2O5; T7 = T2 + 40 g cova-1 de P2O5; T8 = T2 + 60 g cova-1 de P2O5; T9 = T2 + 20 g cova-1 de K2O; T10 = T2 + 40 g cova-1 de K2O; T11 = T2 + 60 g cova-1 de K2O). O inventário florestal foi realizado três anos após o plantio em todas as parcelas experimentais úteis com a mensuração do diâmetro à altura do peito (DAP) e a altura total de todas as árvores, além da contagem de indivíduos mortos. Para a avaliação do estado nutricional das árvores, foram coletadas folhas, submetidas a análise química. Em cada uma das parcelas foram coletadas 10 amostras de serapilheira acumulada para estimar a biomassa total e determinação do teor e, posteriormente, do conteúdo de nutrientes. Nos mesmos locais coletou-se amostras simples de solo, para análise química. Não houve influência para as diferentes doses de nutrientes utilizados, para os dados de crescimento da espécie. Observou-se que quanto maior a dose de P utilizada, maior a mortalidade. As diferentes doses não interferiram no teor de macro e micronutrientes das folhas e nem na biomassa e no conteúdo de nutrientes da serapilheira acumulada. No solo observou-se, a redução nas concentrações dos atributos químicos analisados com o avanço da profundidade da coleta, e apenas K+ e Na+ tiveram diferenças entre os tratamentos, observada apenas na primeira camada analisada. De forma geral, as diferentes doses utilizadas no experimento não interferiram no plantio de P. reticulata, o que aponta que a espécie não é exigente em termos nutricionais. Palavras-chave: árvore nativa, Floresta Atlântica, serapilheira acumulada, variáveis dendrométricas, vinhático.
The effect of fertilization on field growth of native forest species is of fundamental importance, since little information is available on the nutritional demand for better performance of these species. The objective of this study was to evaluate the effect of fertilization with the application of different nitrogen (N), phosphorus (P) and potassium (K) rates on mortality, growth (height and DAP), soil fertility, accumulated litter and Nutrients, and nutritional status of P. reticulata trees, three years after planting, in Sooretama-ES. The experimental design consisted of three blocks and 11 treatments (T1 = no fertilization; T2 = 20 g cova-1 of N, 27 g cova-1 of P2O5, 20 g cova-1 of K2O; T3 = T2 + 20 g cova-1 of N; T4 = T2 + 40 g cova-1 of N; T5 = T2 + 60 g cova-1 of N; T6 = T2 + 20 g cova-1 of P2O5; T7 = T2 + 40 g cova-1 of P2O5; T8 = T2 + 60 g cova-1 of P2O5; T9 = T2 + 20 g cova-1 of K2O; T10 = T2 + 40 g cova-1 of K2O; T11 = T2 + 60 g cova-1 of K2O). The forest inventory was carried out three years after planting in all the useful experimental plots with the measurement of the diameter at the breast height and the total height of all the trees, besides counting dead individuals. For the evaluation of the nutritional status of the trees, leaves were collected, submitted to chemical analysis. In each of the plots were collected 10 samples of accumulated litter to estimate the total biomass and determination of the levels and, subsequently, the content of nutrients. At the same sites, simple soil samples were collected for chemical analysis. There was no influence on the different nutrient doses used for the growth data of the species. It was observed that the higher the dose of P used, the higher the mortality. The different doses did not interfere in the macro and micronutrients levels of the leaves nor in the biomass and nutrient levels of the accumulated litter. In the soil only, the reduction in the concentrations of the chemical attributes analyzed with the advance of the collection depth was observed, and only K + and Na + had differences between treatments, observed only in the first layer analyzed. In general, the different doses used in the experiment did not interfere in the planting of P. reticulata, which indicates that the species is not demanding in nutritional terms.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7647
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10568_Dissertação RAY 2017-Final.pdf1.09 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.