Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7658
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorMinette, Luciano José-
dc.date.accessioned2018-08-01T22:35:46Z-
dc.date.available2018-08-01-
dc.date.available2018-08-01T22:35:46Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/7658-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectForest managementeng
dc.subjectForest cuttingeng
dc.subjectForestry Extractioneng
dc.titleAvaliação de métodos de colheita no femento florestal em relevo acidentadopor
dc.title.alternativeEvaluation of harvesting methods in the forest development In rough reliefeng
dc.typemasterThesisen
dc.subject.udc630-
dcterms.abstractObjetivou-se neste estudo, avaliar técnica e economicamente três métodos de colheita utilizados no fomento florestal, em regiões de relevo acidentado no sul do Estado do Espírito Santo, os dados foram coletados em três propriedades rurais localizadas nos municípios de Jerônimo Monteiro, São José do Calçado e Mimoso do Sul. Os métodos avaliados foram, não terceirizado colheita e transporte por conta própria, parcialmente terceirizado colheita própria e transporte terceirizado e totalmente terceirizado colheita e transporte terceirizado. Foi realizado estudo de tempos e movimentos, cálculo da produtividade, eficiência operacional, além dos custos de produção de cada método, como também a identificação do perfil dos trabalhadores. Para análise dos dados obtidos, foi utilizada a estatística descritiva e os resultados referentes às fases operacionais foram comparados pelo teste t de Student ao nível de 5% de probabilidade. O perfil dos trabalhadores foi constituído pelo gênero masculino, com média de idade de 37 anos, e foi evidenciado baixo grau de escolaridade. De acordo com o estudo de tempos e movimentos a atividade de tombamento é a que demanda mais tempo operacional dos ciclos de atividades, seguido do processamento. A eficiência operacional de todos os métodos foi superior a 70%. A produtividade obtida foi maior para o método terceirizado se comparado com os outros dois métodos avaliados nesse estudo. O maior custo operacional para atividade de corte, extração e empilhamento, foi encontrado no método próprio. Com isso, concluiu-se que houve diferença técnica, no tempo de execução das atividades e nos custos dos três métodos avaliados, indicando que o método parcialmente terceirizado é a melhor opção a ser adotada.por
dcterms.abstractThe objective of this study was to evaluate, technically and economically, three harvesting methods used in forest development in rugged regions in the southern State of Espírito Santo, the data were collected from three rural properties located in the municipalities of Jerônimo Monteiro, São José do Footwear and Mimoso do Sul. The methods evaluated were non-outsourced harvesting and transportation on their own, partially outsourced own harvest and outsourced transportation and fully outsourced harvest and outsourced transportation. It was carried out a study of times and movements, calculation of productivity, operational efficiency, besides the costs of production of each method, as well as the identification of the profile of the workers. For the analysis of the obtained data, the descriptive statistic was used and the results referring to the operational phases were compared by the Student t test at the 5% probability level. The profile of the workers was composed of males, with an average age of 37 years, and a low level of schooling was evidenced. According to the study of times and movements the tipping activity is the one that demands more operational time of the activity cycles, followed by the processing. The operational efficiency of all methods was over 70%. The productivity obtained was higher for the outsourced method when compared to the other two methods evaluated in this study. The highest operating cost for cutting, extracting and stacking activity was found in the method itself. Therefore, it was concluded that there was a technical difference in the execution time of the activities and in the costs of the three evaluated methods, indicating that the partially outsourced method is the best option to be adopted.eng
dcterms.creatorSantos, Leandro Soares dos-
dcterms.formatTextpor
dcterms.issued2017-07-18-
dcterms.languagepor-
dcterms.subjectTécnicas e operações florestaispor
dcterms.subjectColheita florestalpor
dcterms.subjectExtração Florestalpor
dcterms.subjectManejo florestalpor
dcterms.subjectCorte florestalpor
dcterms.subjectMadeira - Transportepor
dcterms.subjectForestry techniques and operationseng
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências Florestaispor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqRecursos Florestais e Engenharia Florestalpor
dc.publisher.courseMestrado em Ciências Florestaispor
dc.contributor.refereeSchettino, Stanley-
dc.contributor.refereeFiedler, Nilton Cesar-
dc.contributor.advisor-coChichorro, José Franklim-
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertação-LEANDROSOARES-2017-Final.pdf1.25 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.