Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9069
Título: Representações sociais de amor romântico nas músicas mais tocadas nas rádios brasileiras em 2015
Autor(es): Pontual, Marco Antonio de Deus
Orientador: Bonomo, Mariana
Data do documento: 15-Fev-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O objetivo deste estudo foi analisar as representações sociais de amor romântico presentes nas letras das músicas, em português, mais executadas nas rádios brasileiras no ano de 2015. Foram analisadas 100 canções, identificadas como as mais tocadas em todos os estados do país pelo AudioMonitor, um software de monitoramento de rádio que acompanha e registra, em tempo real, a programação de mais de 4.500 rádios em todo o território nacional. Para análise dos dados, foram utilizados os recursos da Classificação Hierárquica Descendente do software Alceste e a análise de conteúdo categorial-temática, além de procedimentos de estatística descritiva para fins de caracterização da reprodução musical radiofônica brasileira em 2015. No que se refere ao conteúdo textual das músicas, o tratamento dos dados foi procedido a partir da análise de dois corpora de dados, configurando-se como fases complementares, a saber: corpus 1, contendo 95 músicas que retratavam o amor romântico como tema central de sua narrativa; e corpus 2, composto por 44 canções que abordavam o amor de caráter limerente. Na primeira fase, a análise do Alceste indicou a existência de quatro classes organizadas em dois eixos principais e em dois subeixos. Cada uma das classes se referiu a uma das fases do relacionamento romântico. No primeiro eixo, denominado Discurso sentimental, estão presentes as etapas do relacionamento amoroso, sendo a Classe 1 responsável por elementos associados a interações positivas e ao início do relacionamento, a Classe 2 referente aos elementos de conflito e a Classe 4 a elementos vinculados ao término da relação. O segundo eixo, chamado Contexto de sociabilidade, contendo apenas a Classe 3, de mesmo nome, contempla elementos referentes ao comportamento do indivíduo em contextos variados de onde se pretende iniciar um relacionamento romântico. Em uma segunda análise, realizada através do Alceste utilizando somente as canções classificadas como limerentes, foram evidenciadas duas classes: Classe 1, Estabilidade e euforia, e Classe 2, Instabilidade e desespero. As classes realçam o caráter ambivalente da situação limerente, que se alterna entre estados de extrema alegria e de extrema tristeza. Complementar à Classificação Hierárquica Descendente, a análise de conteúdo, realizada a partir das canções limerentes, evidenciou as fases da limerência em que cada canção se insere (Encontro, Pensamentos aprazíveis, Traços e lembranças, Intensificação por obstáculos, Desespero / euforia e Estabilização) e seus respectivos traços limerentes (Pensamentos intrusivos, Distorção da realidade, Alterações fisiológicas, Alterações emocionais e Comportamentos excessivos). Entre os diversos objetos sociais presentes nas letras das canções analisadas, são discutidos os principais eixos temáticos das representações sociais de amor romântico encontrados: ciclo romântico; amor limerente; dinâmica entre o feminino e o masculino; e associação entre amor romântico e consumo de álcool.
The aim of this study was to analyze the social representations of romantic love found in the lyrics of the songs most played in Brazilian radio in 2015. We analyzed 100 songs, which were identified using AudioMonitor, a radio monitoring software that registers and stores in real time data from more than 4.500 radio stations countrywide. The data analysis was conducted using Alceste’s Descending Hierarchical Classification associated with categoricthematic content analysis, in addition to descriptive statistics for the characterization of the Brazilian radio music in 2015. In regards to the lyics, the data was divided into two corpora, here seen as complementary stages: corpus 1, containing 95 songs which had romantic love as their central theme and corpus 2, composed of 44 songs which approached love from a limerent perspective. On the first stage, Alceste’s analysis indicated the existence of four classes organized in two main axis and two subaxis. Each one of the classes dealt with a different stage of the romantic cycle. On the first axis, relationship in course, are present the stages of the romantic relationship, Class 1 being responsible for elements associated with positive interactions and the beginning of the relationship, Class 2 refering to elements of conflict and Class 4 to elements associated with the ending of the relationship. The second axis, pre-relationship, which contains only Class 3, courtship, encompasses different behavioral elements of the individual who intends to start a romantic relationship. In a second analysis, done with Alceste using only songs classified as limerent, two classes emerged: Class 1, stabilization and euphoria, and Class 2, instability and despair. Such classes highlight the ambivalent character of the limerent situation, which alternates between states of extreme happiness and extreme sorrow. Complentary to the Descending Hierarchical Classification, the content analysis, carried through using the limerent lyrics, emphasized the stage of limerence in which each song is (beginnings, pleasant thoughts, traits and memories, intensification through hardships, despair / euphoria and stabilization) with its respective limerent traits (intrusive thoughts, distortion of reality, physiological changes, emotional changes and excessive behavior). Among the several social objects present in the lyrics of the analyzed songs, we discuss the main thematic axis of the social representations of romantic love that were found: the romantic cycle; limerent love; male/female dynamics; and love and alcohol consumption.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9069
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9887_Marco_Dissertação_Completa_Final.pdf1.48 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.