Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9115
Título: Identificação de áreas de interesse para a conservação da biodiversidade na porção profunda da Bacia de Campos : fundamento para uma rede de áreas protegidas
Autor(es): Almada, Gustavo Vaz de Mello Baez
Orientador: Bernardino, Angelo Fraga
Data do documento: 15-Ago-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O Brasil, como signatário da Convenção sobre a Diversidade Biológica, está comprometido com a meta de incluir, até o ano de 2020, pelo menos 10% da área marinha sob jurisdição nacional em um sistema representativo de áreas protegidas. Contudo, atualmente no Brasil as áreas marinhas protegidas representam apenas 1,5% do total. Este estudo tem o objetivo de identificar áreas de interesse para conservação da biodiversidade bentônica na porção profunda (profundidade > 200 m) da Bacia de Campos, principal bacia produtora de petróleo no Brasil. Empregando habitats bentônicos como proxies para a distribuição espacial da biodiversidade bentônica, definiu-se como meta de conservação representar 30% da área de cada habitat presente na área de interesse em uma rede de áreas protegidas ecologicamente conectadas. A caracterização dos habitats bentônicos foi elaborada a partir de um esquema hierárquico, empregando surrogates abióticos que exercem grande influência na distribuição espacial da biodiversidade no mar profundo: profundidade; geomorfologia, granulometria e teor de carbono orgânico do sedimento. Como resultado, 42 tipos de habitats foram mapeados na área de estudo, sendo 21 caracterizados por talude continental sedimentar; 11 por cânion submarino; 6 por recifes de corais de águas frias; e 4 por monte submarino. O aplicativo Marxan foi usado utilizado para fundamentar o design de uma rede de áreas marinhas protegidas que apresentasse sobreposição mínima com as áreas concedidas para exploração e produção de hidrocarbonetos na Bacia de Campos, aplicando-se 3 cenários: 1 - sem restrições espaciais para o posicionamento das áreas protegidas; 2 - restringindo o posicionamento das áreas protegidas nas áreas concedidas à indústria do petróleo; e 3 - restringindo o posicionamento das áreas protegidas apenas em um raio de 5 km ao redor das plataformas de produção de petróleo e/ou gás natural. Ainda, no cenário 3, a diversidade da macrofauna foi utilizada como um critério secundário para o posicionamento das áreas protegidas, de modo a favorecer a seleção de áreas com maior diversidade. No cenário 1 foi atingida a meta de representação (30% da área) para todos os 42 habitats, mas a sobreposição das áreas protegidas com as áreas concedidas atingiu 60% da área total concedida dentro da área de estudo. No cenário 2 não houve sobreposição das áreas protegidas com as áreas concedidas, mas 15 habitats foram representados aquém da meta de 30%. No cenário 3 todos os habitats atingiram a meta de representação, enquanto a sobreposição com as áreas concidedas foi reduzida para 5,5%, enquanto a área total protegida foi de 31,3% da área de estudo. O resultado do cenário 3 fundamentou a proposição de uma rede de áreas marinhas protegidas, que pode ser um utilizada como ponto de partida para sua efetiva criação pelas autoridades brasileiras, preferenciamente de forma participativa, para potencializar seus benefícios ecológicos e sociais.
Brazil, as signatory to the Convention on Biological Diversity, is committed to the goal of protecting at least 10% of its marine area in a representative system of marine protected areas (MPAs) by the year of 2020. However, Brazil is currently protecting no more than 1.5%. This study aims to identify areas of interest for the conservation of benthic biodiversity in the deep portion (depth > 200 m) of the southeastern Brazilian continental margin, which is the main oil and gas exploitation area of Brazil. We have employed benthic habitats as a proxy for benthic biodiversity distribution, setting the representation of 30% of the area of all benthic habitats in the study area as the conservation goal. Habitats characterization was developed from a nested hierarchical scheme, utilizing abiotic surrogates that strongly influence biodiversity distribution in the deep sea: depth; geomorphology; sediment grain size; and sediment total organic carbon. As result, 42 habitat types were mapped in the study area: 21 characterized by sedimentary continental slope; 11 by submarine canyon; 6 by cold water coral reef; and 4 by seamount. Marxan software was used to support the design of a MPA network with minimal overlap to areas leased to the oil industry, applying three scenarios: 1 - without spatial constraints for location of MPAs; 2 - restricting MPAs location to nonleased areas; 3 - restricting the overlap of MPAs within a 5 km buffer around oil production platforms. Also, in scenario 3 benthic macrofaunal diversity was used as a secondary driver for the location of MPAs, in order to favor the selection of higher diversity areas. In scenario 1 it was possible to achieve the 30% representation target for all 42 habitats, but MPAs overlap with leased areas is 60% of the total leased areas within deep Campos Basin. In scenario 2 there was no overlap at all, but 15 habitat were represented below the 30% target. In scenario 3 all habitats achieved the 30% representation target while the overlap with leased areas was reduced to 5.5%, and still the total area for the MPA network is only 31.3% of the study area. The MPA network resulted in scenario 3 can be considered a good starting point for its effective creation by Brazilian authorities, preferably involving stakeholders in this process, in order to improve the ecological and social outcomes of biodiversity conservation.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9115
Aparece nas coleções:PPGOAM - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10123_G_ALMADA_2016.pdf1.6 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.