Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9273
Título: Nas ruas, nas praças: as imagens do movimento estudantil capixaba na ditadura militar (1964-1985)
Autor(es): Furtado, Marcello França
Orientador: Fagundes, Pedro Ernesto
Palavras-chave: Ditadura militar
Military dictatorship
Archival
Data do documento: 31-Jul-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O presente trabalho busca apresentar reflexões acerca da abrangência do papel do Estado x Sociedade no que condiz sobre o uso e controle de informações produzidas e acumuladas institucionalmente. Durante o período da Ditadura Militar, o Estado exerceu maior repressão através da censura, vigilância e medo; obtendo coerção por parte da sociedade. Os arquivos, compreendidos como agentes do poder do Estado, se tornam lugares de memória e recurso para a investigação histórica. Através do acervo da Delegacia de Ordem Política e Social do Espírito Santo DOPS/ES se aponta neste trabalho uma parte específica desta produção documental: as fotografias, ainda problematizadas como instrumento no campo da História. Realizamos ainda o recorte sobre o grupo denominado movimento estudantil, um dos principais alvos do regime militar. Através da metodologia histórica-semiótica, que entende a fotografia como um produto, se identificou os signos existentes nas imagens que caracterizam seus contextos sociais de produção; os principais eixos de atuação por parte da DOPS/ES; e os elementos que constroem um discurso sobre os considerados subversivos.
This dissertation has the purpose of presenting reflections about the comprehensiveness of State x Society role in what concerns the use and the control of information produced and accumulated institutionally. During the period of the military dictatorship, the State practiced a huge repression through censorship, vigilance and fear; obtaining coercion by part of the society. The archives, understood as agents of the State power, become places of memory and resource for historical investigation. Through the collection of the Political and Social Order of the State of Espirito Santo - DOPS / ES, a specific part of this documentary production is pointed out in this paper: the photographs, still questioned as an instrument in the field of History. We also approach the student movement group, one of the main targets of the military regime. Through the historical-semiotic methodology, which understands photography as a product, the signs in the images that characterize its social contexts of production have been identified; the main lines of action by DOPS / ES; and the elements that construct a discourse about those considered subversive.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9273
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8683_MARCELLO FURTADO DISSERTACAO - entregue em 11-12-2017.pdf5.41 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.