Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11000
Título: Papel dos Traços Florais na Atração de Abelhas da Restinga
Autor(es): CARVALHO, E. S.
Orientador: RODRIGUES, T.
Coorientador: GUERRA, T. M.
Data do documento: 25-Fev-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: CARVALHO, E. S., Papel dos Traços Florais na Atração de Abelhas da Restinga
Resumo: Resumo A maneira como os visitantes florais percebem as flores está relacionada principalmente com os sinais utilizados pelas flores para atrai-los. No presente trabalho, investigamos a hipótese de que os traços florais de Chamaecrista rotundifolia (Fabaceae) influenciam na atração das abelhas da restinga. Foram coletados dados sobre o tamanho e o ângulo das flores, a umidade e temperatura intraflorais e o número de flores de C. rotundifolia, assim como dados sobre a frequência de visitas de abelhas à essa espécie vegetal. C. rotundifolia foi visitada por oito espécies de abelhas, em 118 visitas, e os resultados do presente trabalho indicam que duas características dessa espécie vegetal estão especialmente relacionadas à atração de abelhas, a temperatura intrafloral superior à temperatura do ambiente, e o padrão de reflectância de suas flores. Essas caraterísticas são essenciais para o sucesso reprodutivo de C. rotundifolia, uma vez que auxiliam as abelhas na procura por essa espécie que necessita de vetores para se reproduzir. Palavras-chave: Apoidea; Temperatura intrafloral; Umidade intrafloral; Cor; Tamanho floral; Ângulo floral.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11000
Aparece nas coleções:PPGBAN - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12924_Dissertação Emanuela Simoura Carvalho PPGBAN.pdf939.77 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.