Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11261
Título: Reinserção no trabalho: estudo do fenômeno em uma Instituição Federal de Ensino Superior
Autor(es): MACEDO, D. C. F.
Orientador: CUNHA, D. M.
SILVA, P. O. M.
Palavras-chave: saúde do trabalhador
setor público
reinserção no trabalho
Data do documento: 31-Mai-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: MACEDO, D. C. F., Reinserção no trabalho: estudo do fenômeno em uma Instituição Federal de Ensino Superior
Resumo: O presente estudo elegeu como temática central a reinserção no trabalho de servidores públicos federais com algum tipo de restrição em suas atividades laborais por motivos de saúde. A restrição laboral permeia o complexo espectro das capacidades e das incapacidades de uma pessoa para a execução de suas atribuições no âmbito do trabalho. O objetivo geral dessa pesquisa foi investigar sob a luz dos referenciais teóricos da ergologia, da ergonomia da atividade e em conformidade com os pressupostos da Classificação Internacional de Incapacidade, Funcionalidade e Saúde (CIF), o processo da reinserção de servidores com restrições laborais. Os objetivos específicos envolveram: (a) investigar a presença e a caracterização de queixas relacionadas a problemas no trabalho documentadas no prontuário de servidores de uma instituição federal de ensino da região sudeste, considerando os capítulos da CID 10 que geraram maior quantitativo de dias de afastamentos do trabalho em 2015; (b) descrever o perfil desses servidores no que se refere a: sexo, idade, estado civil, escolaridade, cargo, tempo de afastamento, tempo de trabalho na instituição, presença de comorbidades, presença de laudo restritivo, referência à remoção, além do número de queixas relacionadas ao trabalho; (c) descrever o processo de reinserção de servidores públicos federais com restrição laboral na perspectiva de servidores com laudo, colegas e chefias de pessoas nessa condição; (d) explorar à luz da ergologia as dramáticas do uso de si, os debates de normas, valores e saberes no cenário da reinserção laboral, identificando pontos de articulação e de contribuição dos saberes da CIF e da ergonomia da atividade; (d) identificar, em conformidade com a CIF, os facilitadores e as barreiras percebidas processo de reinserção de servidores públicos federais com restrição laboral na perspectiva de servidores com laudo, colegas e chefias de pessoas nessa condição; (e) propor o formulário Análise da Performance no Trabalho para a avaliação complementar do desempenho do trabalhador frente as demandas de sua atividade de trabalho; (f) apresentar a implantação de ações de Reabilitação Funcional em uma Instituição Federal de Ensino Superior da região Sudeste. As temáticas atitudes e relacionamento interpessoal foram as de maior densidade encontrada nos resultados dessa tese. Foram identificadas situações em que tanto a licença saúde como a solicitação de remoção revelaram um complexo sintoma institucional de insuficiência de recursos materiais e humanos para uma abordagem resolutiva e precoce diante de processos de sofrimento e de queixas relacionadas ao trabalho manifestadas pelos servidores. Os servidores com laudo restritivo apresentaram maior número de queixas relacionadas ao trabalho e maior número de dias de afastamento para tratamento da própria saúde. Nesse contexto multifacetado das realidades do trabalho, o debate acerca das exigências de produtividade e da capacidade laborativa mobiliza profissionais da ST a analisar estratégias para a superação de desafios vivenciados na manutenção pertinente, segura e responsável de pessoas com algum tipo de restrição laboral no sistema produtivo.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11261
Aparece nas coleções:PPGP - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_10201_TESE-VERSÃOFINAL.pdf2.99 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.