Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2249
Título: Entre paisagens retratos e naturezas mortas : percursos metodológicos de/com Aby Warburg na pesquisa sobre arte em contextos da educação
Autor(es): Cerqueira, Fátima Nader Simões
Orientador: Cola, Cesar Pereira
Data do documento: 9-Nov-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Esta tese define seu objetivo geral em torno da investigação teórica sobre a análise e a compreensão de práticas artísticas e culturais revistas, a partir da Prancha 55, integrante do Atlas da Memória (Atlas Mnemosyne), de Aby Warburg, enquanto metodologia e ferramenta que estrutura possibilidades de interpretação e de associações significativas entre imagens da arte e da cultura, a fim de inferir que a atitude investigativa e a experimentação do papel de pesquisador formam um conjunto de recursos, instrumentos e procedimentos capazes de contribuir para a formação dos envolvidos nos processos de ensino e de aprendizagem sobre arte. A tentativa de compreender os modos operacionais de sua pesquisa iconológica culmina na elaboração de uma Prancha Experimental que duplica três obras advindas da Prancha 55 e associa uma nova sequência de reproduções, com início nos conceitos apreendidos sobre fórmula de páthos, sintoma e sobrevivência das imagens (desde a Antiguidade até os tempos atuais). Para tal, sem a limitação de uma proposta prescritiva, busca-se a projeção desse saber, articulando os textos de Warburg às investigações de Georges Didi-Huberman sobre seu legado, a fim de interpretar como as imagens regressam, comutam, invertem e/ou convergem sentidos, criando novas narrativas visuais que acontecem entre espaços mitológicos, paisagens ao ar livre, retratos, naturezas mortas e nas cidade atuais. Assim, parte-se do levantamento de hipóteses sobre o pensamento do autor que faleceu antes de reunir, registrar e publicar, precisamente, os motivos pelos quais criou correspondências e transformações temáticas, formais e gestuais entre as obras associadas no atlas visual.
This thesis defines the general objective around the theoretical investigation about the analysis and the understanding of artistic and cultural pratices reviewed, since the Panel 55, that was an integrant of the Atlas of Memory (Atlas Mnemosyne) of Aby Warbug, as methodology and tool that make possibilities of interpretation and significant associations between images of art and culture in order to imply that the investigative attitude and the experimentation of the researcher’s job make an ensemble of resources, instruments and procedures able to contribute to the formation of the involved at the system of education and learning about art. The attempt of understanding the operating modes of the iconological research achieves in the elaboration of an Experimental Panel that duplicates three works from the Panel 55 and associates to a new sequence of reproductions, starting from the concepts learned about the formula of páthos, symptom and survival of the images (since the Antiquity until the current days). For such, without the limitation of a prescriptive answer, the projection of this knowledge is sought by the association of the Warburg’s texts with the investigations of Georges Didi-Huberman about his legacy, in order to interpret how images regress, switch, invert and/or converge senses, creating new visual narratives that happens between mythological spaces, outdoor landscapes, pictures, still life and in the modern cities. So, it take off the lifting of hypothesis about the thought of the writer who died before to gather, register and publish, accurately, the reasons why he created correspondences and thematic, formal and gestural transformations between the associated works in the visual atlas.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2249
Aparece nas coleções:PPGE - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9486_TESE Fatima nader simoes cerqueira (1).pdf177.62 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.