Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2307
Título: Práticas de alfabetização no município de Viana (ES) no período de 2000 a 2009
Autor(es): Pinheiro, Gilciane Ottoni
Orientador: Schwartz, Cleonara Maria
Palavras-chave: School notebooks
Práticas educativas
Alfabetização
Data do documento: 27-Mar-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Este trabalho teve por objetivo investigar, a partir de cadernos escolares, tendências assumidas por professores alfabetizadores do município de Viana (ES) para o ensino da leitura e da escrita no período de 2000 a 2009. Busca responder às seguintes questões: quais conhecimentos sobre o sistema de escrita têm sido ensinados na fase inicial de alfabetização no município pesquisado? Sobre quais conteúdos/conhecimentos os professores de Viana têm colocado maior atenção para ensinar os alunos a ler e a escrever? Teoricamente, esta pesquisa fundamentou-se nas contribuições de Bakhtin e outros autores, como Gumperz (1991), Braggio (1992), Graff (1994), Macedo (2000), Gadotti (2005), Gontijo (2000, 2005, 2008), Veiga (2007) e Pérez (2008), que abordam diferentes dimensões da alfabetização. A metodologia utilizada foi a análise documental, que teve como corpus 28 cadernos de alunos e 22 cadernos de professores. As análises dos cadernos revelaram que o ensino proposto para a aprendizagem da leitura e da escrita vem sendo pautado por bases teóricas e metodológicas de cunho mecanicista que têm enfatizado um trabalho pedagógico baseado na aprendizagem do alfabeto com ênfase na noção de sílaba. Nesse processo, os exercícios evidenciaram que tem havido uma gradação extremamente lenta de introdução do aprendiz em práticas de leitura e de escrita que tomem o texto como unidade de significação produzida por sujeitos em diferentes situações de interação. Os cadernos dão indícios de que a alfabetização, no município pesquisado, vem sendo compreendida como um processo restrito à aquisição de habilidades mecânicas do código linguístico.
This work aimed to investigate, from school textbooks, trends assumed by teachers literacy of the municipality of Viana (ES) for the teaching of reading and writing in the period 2000 to 2009. Search answer the following questions: what knowledge about the writing system has been taught in the initial phase of liter acy in the municipality researched? On which content/knowledge teachers of Viana has placed greater attention to teach the students to read and? Theoretically, this research was based on the contributions of Bakhtin and other authors, like Gumperz (1991), Braggio (1992), Graff (1994), Macedo (2000), Gadotti (2005), Gontijo (2000, 2005, 2008), Veiga (2007) and Perez (2008), that address different dimensions of literacy. The methodology used was the documentary analysis, which had as corpus 28 notebooks of students and 22 notebooks for teachers. The analyzes of the specifications have revealed that the proposed education for the learning of reading and writing has been based on theoretical and methodological bases of imprint mechanistic that have emphasized a pedagogical work based on learning the alphabet with emphasis on the concept of syllable. In this process, there is a gradation extremely slow introduction of apprentice in practices of reading and writing to take the text as the unit of meaning produced b y subjects in different situations of interaction. The specifications give indications that the literacy, in the municipality researched, has been understood as a process restricted to the purchase of mechanical skills of the language code.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2307
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_5978_GILCIANE OTTONI PINHEIRO.pdf5.63 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.