Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6536
Title: A gestão das políticas de juventude : o caso de Vitória, 2005-2010
metadata.dc.creator: Taquetti, Camila Lopes
Keywords: Juventude;Políticas públicas;Poder local;Youth;Public policy;Local power
Issue Date: 26-Nov-2010
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: TAQUETTI, Camila Lopes. A gestão das políticas de juventude : o caso de Vitória, 2005-2010. 2010. 243 f. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Política Social) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2010.
Abstract: The objective of this study is to analyze local policies proposals directed to the youth of Vitoria city in Brazil. The main goal is to identify these actions and to understand policy managers concept of youth. Besides, the study aimed to understand how do young people participate on the management of these policies and how do local management integrates these policies among different sectors within the city´s prefecture. We analyzed Brazilian social policies origins and contents since 1950s. This analysis allowed debating district management as a local power and its increased receptivity to social participation on public management after the establishment of democracy. We discuss the Youth Chamber when we analyze another aspect concerning management´s organization in order to promote intersectoariality as part of the services rendered to local youth. When it comes to the meaning of youth the results indicate two main ideas: it is either seen as a problem, either as a solution. The prefecture mentioned above has implemented several actions to respond to the youngsters needs and demands. However the prefecture is being faced with two major challenges: at first, to establish young s participation which is setting of several sectors; second, to create an internal group specifically to discuss the integration of policies offered to the local youth
A presente dissertação de mestrado tem enquanto objetivo examinar as propostas das políticas locais voltadas para a Juventude no Município de Vitória. Nosso objetivo foi, além de identificar essas ações, compreender a concepção que seus gestores têm sobre a juventude; entender como os jovens participam na gestão dessas políticas e como a gestão local se organiza para integrar as ações entre os diferentes setores que existem dentro da prefeitura. Para tanto, construímos uma reflexão sobre a constituição e a concepção da política social brasileira voltada aos jovens desde os anos 1950 no país, a fim de nos aproximarmos do debate da gestão municipal, enquanto uma esfera do poder local que, posteriormente à democratização passou a vislumbrar a ampliação de espaços de participação social na gestão pública. Outro elemento estudado foi a respeito de como a gestão se organiza no sentido de promover a intersetorialidade no conjunto do serviço prestado para a juventude local, onde discutimos a Câmara Técnica de Juventude. Os resultados indicam que existem dois grandes pólos em torno da concepção de juventude: ora vista como problema, ora vista como possibilidade. Essa prefeitura esforça-se para atender algumas necessidades e demandas juvenis com a criação de inúmeras ações, contudo, vem enfrentando dois grandes desafios: primeiro, de fomentar a participação juvenil provocando diversos setores sociais e segundo, de exercitar a construção de um grupo interno específico para realizar uma discussão direcionada para promover a integração das políticas ofertadas para a juventude local
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6536
Appears in Collections:PPGPS - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Camila Lopes Taquetti.pdf1.37 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.