Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8032
Título: Valor prognóstico dos biomarcadores cardíacos e inflamatórios no câncer de cabeça e pescoço associados à terapêutica oncológica
Autor(es): Oliveira, Karine Gadioli de
Orientador: Gouvêa, Sônia Alves
Coorientador: Bissoli, Nazaré Souza
Data do documento: 25-Jun-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: OLIVEIRA, Karine Gadioli de. Valor prognóstico dos biomarcadores cardíacos e inflamatórios no câncer de cabeça e pescoço associados à terapêutica oncológica. 2018. 118 f. Tese (Doutorado em Ciências Fisiológicas) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2018.
Resumo: Atualmente, o câncer é a segunda maior causa de morte no Brasil, superado apenas pelas doenças cardiovasculares. A terapêutica oncológica tem evoluído e melhorou o prognóstico dos pacientes oncológicos. No entanto, apesar do benefício clínico inquestionável desse tipo de terapia, muitos destes fármacos podem causar efeitos indesejáveis no sistema cardiovascular. O câncer de cabeça e pescoço (CCP) é o sexto tipo de câncer mais comum em todo o mundo e o prognóstico para esses pacientes é pobre e pouco tem melhorado nas últimas décadas. Pacientes com CCP têm um risco elevado de mortalidade não relacionada ao câncer e uma das causas mais frequentes são as DCVs. Portanto, o objetivo desse estudo foi avaliar o valor preditivo dos marcadores de lesão cardíaca, proteína C reativa (PCR), fragmento N-terminal do proBNP (NT-proBNP), troponina cardíaca T (cTnT), e das citocinas (IL-17A, INF-γ, TNF-α, IL-10, IL-6, IL-4) no risco cardiovascular associado à terapêutica oncológica no carcinoma de células escamosas de cabeça e pescoço. Foram incluídos 118 pacientes com diagnóstico confirmado de carcinoma de células escamosas de cabeça e pescoço e os dados clínico-epidemiológicos foram obtidos com a coleta de sangue, antes e após a terapêutica oncológica. O presente estudo mostrou que níveis elevados de PCR e NT-proBNP antes do tratamento do CCP estão associados com baixa sobrevida global em 3 anos e pior prognóstico do CCP independente de sexo, idade, tabagismo, etilismo, estadiamento, localização do tumor primário, índice de massa corporal, pressão arterial sistólica e do tratamento (exceto a radioterapia). Apesar da cTnT não ter influenciado na sobrevida desses pacientes, ela foi correlacionada positivamente com o tratamento cirúrgico e a radioquimioterapia. Além disso, foi observado um desequilíbrio no perfil de citocinas pró e anti-inflamatórias após o tratamento do CCP, com um aumento da IL-6 e redução da IL-10, IL-4 e TNF-α. Portanto, estratégias que avaliem e acompanhem os pacientes com CCP durante o tratamento é de suma importância para tentar melhorar a resposta ao tratamento, ou implantar novas terapias para aumentar a sobrevida e dar uma qualidade de vida aos pacientes com CCP.
Currently, cancer is the second largest cause of death in Brazil, surpassed only by cardiovascular diseases. Oncologic therapy has evolved and improved the prognosis in cancer patients. However, despite the unquestionable clinical benefit of this type of therapy, many of these drugs can cause undesirable side effects in the cardiovascular system. Head and neck cancer is the sixth most common cancer in the world and the prognosis for these types of patients is poor and has not improved in the last decades. Head and neck cancer patients have a high risk of non-cancer related mortality and one of the most frequent causes is cardiovascular disease. Therefore, the aim of this study was to evaluate the predictive value of C Reactive Protein (CRP), N-terminal pro–Btype natriuretic peptide (NT-proBNP), cardiac troponin T (cTnT), and cytokines (IL-17A, INF-γ, TNF-α, IL-10, IL-6, IL-4) in cardiovascular risk associated with oncologic therapy in head and neck squamous cell carcinoma. Thus, 118 patients with confirmed diagnosis of head and neck squamous cell carcinoma have been included in this study, and clinical-epidemiological data have been obtained with blood collection before and after cancer therapy.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8032
Aparece nas coleções:PPGCF - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12291_Tese Versão Final-Karine Gadioli de Oliveira.pdf2.57 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.