Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8198
Título: Avaliação in vivo de um cimento de ionômero de vidro restaurador para colagem de bráquetes ortodônticos
Autor(es): Pimentel, Angélica Drago Marchesi
Orientador: Pacheco, Maria Christina Thomé
Palavras-chave: Cimento de ionômero de vidro
Colagem dentária
Ortodontia
Glass ionomer cement
Dental Bonding
Orthodontics
Data do documento: 26-Nov-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: PIMENTEL, Angélica Drago Marchesi. Avaliação in vivo de um cimento de ionômero de vidro restaurador para colagem de bráquetes ortodônticos. 2015. 80 f. Dissertação (Mestrado em Clínica Odontológica) - Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências da Saúde.
Resumo: Durante o tratamento ortodôntico, os bráquetes devem permanecer aderidos aos dentes e, quando necessário, removidos com facilidade sem promover danos à estrutura do esmalte. O material de colagem rotineiramente utilizado é a resina composta (RC). O cimento de ionômero de vidro híbrido (CIV) apresenta-se como uma boa opção às resinas compostas, por apresentar liberação de flúor, por sua adequada adesão ao esmalte e pela facilidade de remoção da superfície do dente. Entretanto, existe somente um CIV que apresenta indicação específica para esta função. Este estudo objetivou verificar o comportamento in vivo do CIV restaurador Vitro Fil LC® (DFL, Rio de Janeiro, Brasil), quando utilizado para colagem ortodôntica, comparado a dois materiais indicados para este fim: o CIV ortodôntico Fuji Ortho LC® (GC Corp., Toquio, Japão), e a RC Transbond XT® (3M Unitek, Monrovia, Califórnia, EUA). Quinze pacientes com idades entre 11 e 27 anos (média 16 + 4,5 anos), foram selecionados e, em cada um, 146 dentes foram colados com os dois CIVs, restaurador e ortodôntico, de forma intercalada no arco superior (73 dentes com cada CIV), e no arco inferior 146 dentes foram colados com RC. Os tratamentos foram acompanhados por um período mínimo de 365 dias (média de 521,31 ± 85,98 dias). Nesse período ocorreram 12 quebras de bráquetes (9 pré-molares, 1 canino e 2 incisivos) representando 4,1% da amostra. As quebras em pré-molares foram mais prevalentes nas colagens com CIV restaurador, não apresentando significância estatística nos tratamentos (p<0,05). O índice de remanescente de adesivo (IRA) foi avaliado nos dentes com bráquetes descolados e removidos com diferença significativa entre os CIVs restaurador e ortodôntico (IRA=3) e a RC (IRA=0 e 1). Após a remoção do material de colagem, lesões de mancha branca foram encontradas em dois dentes colados com RC e não foram encontradas em dentes colados com ambos os CIVs. Não houve diferença significativa no tempo de permanência das colagens entre os três materiais. O CIV restaurador permaneceu aderido aos dentes por tempo suficiente para um tratamento ortodôntico convencional. O CIV Vitro Fil LC®, como utilizado neste trabalho, pode ser indicado como mais um material a base de ionômero de vidro para a colagem de bráquetes.
During orthodontic treatment, brackets must remain bonded to the teeth and, when necessary, removed without damaging the enamel structure. The bonding material routinely used is the composite resin (CR). The hybrid glass ionomer cement (GIC) may present as a good option to composite resins, because its fluoride release, proper adhesion to enamel and ease removal from tooth surface. However, there is only one GIC with specific indication for this function. This study aimed to verify in vivo behavior of a restorative GIC when used as orthodontic bonding material in conventional orthodontic treatments. Fifteen patients aged 11 to 27 years old (mean 16 + 4,5 anos) were selected. A total of 292 teeth were bonded, half on each arch. At the upper arch 73 teeth were bonded interchangeably with the restorative GIC Vitro Fil LC® (DFL, Rio de Janeiro, Brazil) and the orthodontic GIC Fuji Ortho LC® (GC Corp., Tokyo, Japan). At the lower arch 146 teeth were bonded with the RC Transbond XT® (3M Unitek, Monrovia, Califórnia, USA. Treatments were followed for an average period of 521.31 (±85.98) days. We evaluated: the adhesive remnant index (ARI) from unbounded and removed brackets, bracket bonding dwell time, enamel white spots after removal of the adhesive remaining. During this period, there were 12 brackets unbonded (4.1%) 9 premolars, 1 canine and 2 incisors. The unbonded premolars were prevalent in teeth bonded with the restorative GIC, althougt not statisticaly significante (p<0,05). Significant differences were found on the adhesive remnant index (ARI) for both unbonded and removed brackets between GIC (ARI=3) and CR (AIR=0 and 1). Bracket bonding dwell time were not different between bonding materials. White spots were found in two teeth bonded with CR and not in any teeth bonded with both GICs. The restorative GIC, as used in this study, remained adhered to the teeth during conventional orthodontic treatments and may be indicated as one more glass ionomer material for bonding brackets.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8198
Aparece nas coleções:PPGCO - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9363_Defesa Corrigida Angélica.pdf1.59 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.