Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8219
Título: Padronização de metodologia para identificação molecular de Pipper yellow mottle virus (PYMOV) em plantas de pimenta-do-reino
Autor(es): ROCHA, A. C. B.
Orientador: LIMA, A. B. P.G.
Data do documento: 26-Mai-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ROCHA, A. C. B., Padronização de metodologia para identificação molecular de Pipper yellow mottle virus (PYMOV) em plantas de pimenta-do-reino
Resumo: A pimenta-do-reino é uma das especiarias mais comercializadas no Brasil, sendo o estado do Espírito Santo considerado o segundo maior produtor dessa iguaria. Existem problemas quanto a disseminação de doenças viróticas já que a pimenta-do-reino é comercializada por meio de estacas e/ou mudas. Tanto no Brasil quando no estado do Espírito Santo já foram relatadas a presença do vírus Piper yellow mottle virus (PYMoV). O objetivo deste subprojeto foi padronizar uma metodologia de detecção do vírus através de folhas jovens de pimenta-do-reino da variedade Bragantina. Para isso foram testados diferentes métodos de extração de DNA utilizando folhas sintomáticas e folhas assintomáticas e diferentes protocolos para adequar o teste de PCR (reação em cadeia da Polimerase) utilizando primers específicos para amplificação do fragmento de DNA do vírus PYMoV. Os resultados da PCR foram analisados por meio de eletroforese em gel de agarose corado com GelRed ou Blue Juice. Sendo que não foram obtidas bandas de fragmentos específicos do PYMoV, pois os primers utilizados amplifacaram bandas inespecíficas.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8219
Aparece nas coleções:PPGAT - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11027_Dissertação - Anna Caroline Brinco Rocha.pdf637.08 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.