Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8263
Título: Qualidade de pulverização pneumática de defensivos agrícolas em cafeeiro conilon
Autor(es): OLIVEIRA, Pablo Souto
Orientador: VITORIA, E. L.
Data do documento: 29-Jul-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: OLIVEIRA, Pablo Souto, Qualidade de pulverização pneumática de defensivos agrícolas em cafeeiro conilon
Resumo: A ocorrência de pragas, doenças e plantas infestantes no agroecossistema nas im-portantes culturas (soja, milho, trigo, arroz, algodão, café) vêm causando perdas de produtividade maiores que 30% do potencial produtivo, na média mundial, mesmo com práticas de controle. Um grande fator que afeta a produtividade da cafeicultura é a presença de pragas e doenças. Com a expansão das lavouras cafeeiras e a adoção ao sistema de plantio adensado, estabelece-se condições ambientais favoráveis ao desenvolvimento de pragas e doenças de maior expressão econômica, destacando-se entre elas, a broca-do-cafeeiro (Hypothenemus hampei F.) e a ferrugem do cafeeiro (Hemileia vastatrix Berk & Br.). Nas infestações da cultura por esses agentes, a ado-ção de medidas de controle, necessárias para evitar o dano econômico, ocorre princi-palmente pelo emprego de produtos fitossanitários, aplicados em sua maioria, via pul-verização. A eficácia do controle fitossanitário com a pulverização está condicionada não apenas ao uso de produtos de ação comprovada, mas também ao momento certo de sua aplicação com a utilização do equipamento adequado, que garanta alta efici-ência de aplicação, reduzindo as perdas e a contaminação do ambiente. É crescente a utilização de pulverizadores pneumáticos tratorizados nas lavouras cafeeiras do norte capixaba, devido ao adensamento dos plantios, a queda dos ramos ortotrópicos pelo peso da produção dos frutos e à necessidade de intervenções emergenciais. Há alguns questionamentos sobre a eficiência de aplicação do pulverizador do tipo ca-nhão em lavouras cafeeiras, muitos sem qualquer embasamento científico. Objetivou-se neste trabalho, avaliar a deposição de calda em cafeeiro Conilon aplicada por pul-verização pneumática. O experimento foi instalado em uma propriedade do município de Nova Venécia-ES, foram demarcadas as plantas alinhadas à direção do jato pul-verizado, perpendicularmente às linhas de cultivo. A lavoura possui espaçamento de 3,60 m entre linhas por 1,00 m entre plantas na linha, que apresentavam na ocasião da aplicação, A área experimental consistiu de 16 plantas consecutivas selecionadas por linha de cafeeiros, sendo as 4 centrais úteis, em 8 linhas de cafeeiros consecutivas e paralelas ao caminhamento do conjunto trator-pulverizador. Os dados foram coleta-dos 15 de dezembro de 2015. A parcela experimental foi constituída por uma planta. Foi utilizado um delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro re-petições, em um esquema de parcelas subsubdivididas 8 x 2 x 3, combinando as oito linhas de cafeeiros, os dois lados do cafeeiro em relação à linha e, os três terços da planta (inferior, médio e superior). A área foliar foi obtida por meio de um medidor de área foliar marca LI-COR, modelo LI-3100C, por leitura individual. Conclui-se que, ocorreu maior deposição até a distância de 10,80 metros e que o lado frontal ao pul-verizador houve maior deposição no terço médio e superior e o lado posterior a depo-sição foi semelhante nos 3 terços.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8263
Aparece nas coleções:PPGAT - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_8795_Dissertação Pablo Souto Oliveira.pdf771.46 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.