Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9368
Título: CORPOREIDADE E COGNIÇÃO: AS RELAÇÕES ENTRE A FENOMENOLOGIA MERLEAU-PONTYANA E A TEORIA ENATIVA DE VARELA
Autor(es): SANTOS, F. L.
Orientador: ARAUJO, A. O. M.
Data do documento: 24-Mai-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SANTOS, F. L., CORPOREIDADE E COGNIÇÃO: AS RELAÇÕES ENTRE A FENOMENOLOGIA MERLEAU-PONTYANA E A TEORIA ENATIVA DE VARELA
Resumo: O objetivo desta dissertação é o estudo das relações entre a teoria enativa de Francisco Varela e a fenomenologia de Merleau-Ponty. Relações que são referenciadas, respectivamente, pelas noções de cognição e corporeidade. Varela propõe a teoria enativa como um desenvolvimento do programa de pesquisa baseado nas primeiras obras de Merleau-Ponty. Assim, a tarefa aqui é compreender até que ponto se pode considerar como válido o caráter dessa continuidade. No entanto, nossa pesquisa começa pela fenomenologia, resgatando, primeiramente, a instauração da ideia de corpo próprio (Leib) feita por Husserl para, então, estabelecer como se desenvolve e quais são os aspectos principais desta noção em Merleau-Ponty. Na segunda parte, procura-se demonstrar como a teoria enativa é construída no interior das ciências cognitivas. Para tanto, seguindo Varela, é recuperada a história desse campo de pesquisa e é demonstrado o pressuposto filosófico de conhecimento como representação que subjaz àquele campo. Esse pressuposto é o alvo da crítica de Varela e o ponto de apoio para se construir a teoria enativa como uma alternativa à representação. O pressuposto dessa nova teoria será a ideia de cognição como uma ação corporalizada. Dado que o pressuposto filosófico das ciências cognitivas é o da representação, Varela encontra seu pressuposto filosófico na noção de corpo próprio de Merleau-Ponty. É pela ideia de intencionalidade motora que se poderá articular, então, teoria enativa, fenomenologia, ciência e filosofia.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9368
Aparece nas coleções:PPGFIL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10963_Ata-defesa-Fernando-Langkamer20170706-144445.PDF76 BAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.