Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10739
Título: As práticas corporais no cuidado em saúde mental em um CAPS II na Cidade de Serra/ES
Autor(es): Daltio, Gabriela Linhares
Orientador: Gomes, Ivan Marcelo
Data do documento: 18-Mai-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: No Brasil, pensar o cuidado em saúde mental é vivenciar no ato do trabalho questões que atravessam as políticas de Saúde e de Saúde Mental. Partindo do histórico da luta pela Reforma Psiquiátrica, serviços substitutivos aos manicômios, como os Centros de Atenção Psicossocial (Caps) entraram em cena com vistas a garantir que o tratamento de pessoas com transtorno mental fosse permeado por diversas áreas do conhecimento. Para ampliar a discussão sobre a atuação profissional da Educação Física nos Caps, me aproximo de pistas e problematizações do próprio cotidiano. O objetivo dessa dissertação é analisar como foram organizadas e constituídas as práticas corporais no cuidado de usuários do Caps Mestre Álvaro do Município da Serra/ES, tendo como base os conceitos de autonomia e empoderamento presentes nas Políticas de Promoção da Saúde e de Saúde Mental. O conceito de autonomia visa potencialidades e ao desenvolvimento de capacidades dos sujeitos para escolhas conscientes sobre suas ações e trajetórias e o de empoderamento se apresenta como um processo de estimulos os sujeitos e coletivos a adquirirem o controle das decisões e das escolhas de modos de vida adequado às suas condições sócio-econômico-culturais. Para tal pesquisa valime de pistas do método da cartografia para acompanhar a rotina do Caps e trazer para discussão acontecimentos referentes ao cotidiano da Educação Física. Para registro desse cotidiano, produzi diários de campo. Ao revisitá-los construí duas categorias para análise: A Interação com a comunidade e Práticas Corporais no CAPS Mestre Álvaro?. A primeira teve como problematização os encontros que a Educação Física proporcionou com a sociedade e suas reverberações (potencialidades e tensionamentos). Na segunda é aflorada a discussão relativa ao papel do professor de Educação Física poder ir além da pratica do movimentar em si, mas que também está permeada de imprevisibilidade. Os conceitos utilizados, se mostraram necessários e, sua efetivação no mundo do trabalho e no espaço de vida/tratamento desses indivíduos aconteceram e podem ainda acontecer em meio a tensões, disputas, contradições.
In Brazil, thinking about mental health care is experiencing issues that cross health and mental health policies in the workplace. Starting from the history of the struggle for Psychiatric Reform, substitution services to asylums, such as the Psychosocial Care Centers (CAPs), came on the scene to ensure that the treatment of people with mental disorders was permeated by several areas of knowledge. In order to broaden the discussion about the professional performance of Physical Education in Caps, I approach clues and problematizations of daily life. The objective of this dissertation is to analyze how corporal practices were organized and constituted in the care of users of Caps Mestre Álvaro of the Municipality of Serra / ES, based on the concepts of autonomy and empowerment present in Health Promotion and Mental Health Policies. The concept of autonomy aims at the potentialities and the development of the subjects' capacities for conscious choices about their actions and trajectories and that of empowerment presents itself as a process of stimulating subjects and collectives to acquire control of decisions and choices of adequate ways of life to their socio-economic-cultural conditions. For this research I used clues of the method of cartography to follow the routine of Caps and bring to the discussion events related to the daily life of Physical Education. To record this routine, I produce field diaries. When revisiting them I constructed two categories for analysis: "The Interaction with the community" and "Body Practices in the CAPS Mestre Álvaro?". The first one had as problematization the meetings that Physical Education provided with society and its reverberations (potentialities and tensions). In the second, the discussion about the role of the Physical Education teacher is able to go beyond the practice of movement itself, but also permeated by unpredictability. The concepts used were shown to be necessary, and their effectiveness in the world of work and in the living space / treatment of these individuals happened and can still happen amid tensions, disputes, contradictions.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10739
Aparece nas coleções:PPGEF - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12053_Dissertação - Gabriela Linhares Daltio.pdf747 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.