Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4142
Título: Influência da Microestrutura dos Ferros Fundidos Brancos Alto Cromo e Molibdênio no Desgaste Por Deslizamento em Alta Temperatura
Autor(es): Pinho, Karin Faria
Orientador: Scandian, Cherlio
Palavras-chave: Ferro fundido branco alto cromo
atrito
desgaste por deslizamento
Data do documento: 21-Dez-2010
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Ferro Fundidos Brancos Alto Cromo são ligas geralmente utilizadas em aplicações que requerem excelente resistência à abrasão, como, por exemplo, nas industrias de processamento mineral. Sua excelente resistência ao desgaste abrasivo se dá devido, principalmente, a sua microestrutura decorrente da solidificação, constituída tipicamente de carbonatos duros, primários e/ou eutéticos, em matriz austeníticas ou um produto da transformação deste microconstituinte. O objetivo deste trabalho consiste em investigar a influência da microestrutura destas ligas quanto ao desgaste e ao atrito no deslizamento em alta temperatura. Neste estudo, quinze ligas experimentais de ferro fundido branco alto cromo, contendo composições distintas de cromo (variando de 16% a 32% em massa) e molibdênio (entre 0% e 9% em massa) e uma razão Cr/C igual a 10, são avaliadas. A microestrutura da matriz, bem como os carbonetos formados, dependem dos teores de Cr e Mo. Os experimentos são realizados em um tribômetro pino-disco à temperatura de 700 oC. A microestrutura da matriz, aliada à fração volumétrica das fases e ao tamanho dos carbonetos, exerce papel fundamental no comportamento do atrito. Os coeficientes de atrito obtidos são inferiores aos resultantes dos ensaios à temperatura ambiente. Da mesma forma, os desgastes medidos a 700 oC são menos significativos que os observados à temperatura ambiente. Palavras Ferro fundido branco alto cromo, atrito, desgaste por deslizamento, alta temperatura Nº de páginas 49
High-chromium white cast irons are commonly usedin applications requiring excellent abrasion resistance, as in the mining and mineral ore processing industries. Their excellent abrasion resistance is mainly due to their solidification microstructures, constituted typically of hard primary and/or eutectic carbides in a softer iron matrix (i.e. austenitic, martensitic, ferritic, pearlitic or bainitic). The aim of this work is to investigate the influence of the microstructure of these alloys on the wear mechanisms and the level of the friction coefficient during sliding at high temperature. In this study, fifteen experimental high-chromium white cast irons containing different chromium (16 wt.% -32 wt.%) and molybdenum (0 wt.% -9 wt.%) contents with a ratio Cr/C of 10 are examined. The matrix microstructure and the type of carbides depend on the relative contents of Cr and Mo. The wear experiments are carried out on a pin-on-disc tribometer at 700 ºC. The microstructure of the matrix, combined with the volume fraction and average area of carbides, have the most important role in controlling friction. It is observed that the wear losses are less significant compared to those obtained at room temperature. The mean friction coefficient is also lower than those observed at room temperature sliding wear
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4142
Aparece nas coleções:PPGEM - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4834_Karin.pdf3.44 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.